Vasco x Goiás

(Foto: Celso Pupo/Fotoarena/LANCE!Press)

Vinícius Faustini
08/08/2016
07:25
Rio de Janeiro (RJ)

A calmaria do período sem jogos na Série B está a poucas horas de ser deixada de lado na rotina da tripulação do Vasco. Visando tornar segura a sua rota aos os mares do acesso, o elenco do Cruz-Maltino se reapresenta nesta terça-feira, com sua preparação voltada para a disputa do Segundo Turno.

Embora a equipe volte a ter compromisso apenas no dia 20, contra o Sampaio Corrêa, o preparador físico do clube, Joelton Urtiga, garante ao LANCE! que o início será em alta voltagem para os atletas:

– O trabalho e a intensidade que conseguimos até agora nos treinamentos será mantido. Não vamos tratar como uma “intertemporada”, e sim um período de lapidação, para, nos próximos três meses e meio, todos se manterem bem fisicamente.

'Não tratamos como 'intertemporada', e sim um período de lapidação, diz preparador Joelton Urtiga

O preparador ratificou sua confiança para que veteranos, como Andrezinho, Jorge Henrique e Júlio César estejam sempre a postos.

– A busca para os jogadores com idade avançada é de qualificar o trabalho. Mas o Vasco tem a seu favor o fato dos veteranos serem bem conscientes em relação à rotina de treinos, tanto que conseguem sempre estar com um percentual de gordura abaixo do que nós pedimos.

A lesão recente também não abala a confiança de que o capitão Nenê estará em boas condições na proa da caravela cruz-maltina:

– Hoje não temos mais preocupação com sua lesão, pois o Nenê jogou bem durante os 90 minutos contra o Ceará. A sequência dele será de trabalho normal a partir de agora.

O planejamento para o período sem jogos pelo qual a equipe de Jorginho teria vem desde o início da temporada. Segundo Alex Evangelista, gerente científico do Vasco e atual integrante da comissão técnica da Seleção Olímpica, os jogadores receberam orientações para o período de "folga" da Série B:

– Vimos quando os jogadores precisariam ter folga do período de treinos e, além disto, a alimentação do elenco do Vasco é controlada, elaborando um projeto individual para cada jogador – disse, ao L!.

Urtiga contou que os exercícios também não ficaram de lado:

– Foram pedidos ao menos três dias de musculação, os atletas estão conscientes disto. Agora, vamos avaliar o elenco, incluindo a mescla entre jovens e veteranos, e pensar no planejamento do Segundo Turno.

A força renovada passa a ser o trunfo dos marinheiros do Vasco.