Ceara x Vasco (Foto:Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Setorista do Corinthians no LANCE! em 2008 aponta que Vasco deve mirar-se na reconstrução que Timão se proporcionou (Foto:Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Vinícius Faustini
07/08/2016
09:00
Rio de Janeiro (RJ)

O desafio do Vasco em fazer uma campanha digna de redenção e recorde histórico na "Era dos Pontos Corridos" da Série B vai requerer uma volta tão irretocável quanto o feito corintiano. Com campanha levemente superior à que o Corinthians de 2008 obteve no Primeiro Turno - 39 pontos, mas uma vitória a mais -  a caminhada a partir do duelo com o Sampaio Corrêa, no dia 20 de agosto, precisará de uma campanha excepcional.

Atualmente, o Vasco tem 12 vitórias, três empates e quatro derrotas (contra 11 vitórias, seis empates e duas derrotas do Timão de 2008). Pela frente, a busca é superar uma caminhada que rendeu 14 triunfos, quatro igualdades e perdeu apenas uma vez - na última partida, contra o América-RN, quando já era campeão e usou uma equipe repleta de reservas.

Setorista do LANCE! quando o Corinthians conquistou a Série B de 2008, Rodrigo Vessoni aponta um ponto no qual o Vasco deve mirar-se tanto para a temporada quanto para seu planejamento:

- O Corinthians que conquistou o Mundial de Clubes no
Japão, diante do Chelsea, em dezembro de 2012, foi montado a partir da Série B, com a reconstrução do clube, as chegadas de Chicão, Alessandro, entre outros. Esse deve ser a comparação que o Vasco deve ter do maior campeão da Segundona. É preciso pensar na frente, montar uma base sólida para ser melhorada ali na frente.

Vessoni ainda detalha como foi o decorrer das temporadas do Timão:

- No ano seguinte da Série B, o Corinthians trouxe Ronaldo e ganhou Estadual e Copa do Brasil. Logo em seguida.  Ainda viria dois Brasileiros, Libertadores, Mundial, Recopa... exemplo está aí!