Internacional x Flamengo

Jorge Jesus comandará o Flamengo normalmente nas semifinais da Libertadores (Foto: ITAMAR AGUIAR / AFP)

LANCE!
12/09/2019
14:34
Rio de Janeiro (RJ)

O Tribunal Disciplinar da Conmebol anunciou punições ligadas ao Flamengo na noite da última quarta-feira, através de seu site oficial. No entanto, não haverá consequências mais graves, como Jorge Jesus ser impedido de estar à beira do gramado nos próximos jogos da Libertadores, por exemplo. Ao todo, o clube foi multado em 4.500 mil dólares (cerca de R$ 18,2 mil) pela entidade.

O primeiro motivo: quebra de protocolo de Jesus no jogo da volta contra o Internacional, pelas quartas de final da Libertadores, no Beira-Rio. O treinador, de acordo com a Conmebol, infringiu as regras ao cumprimentar jogadores na porta do vestiário do estádio gaúcho. Multa de 3 mil dólares (R$ 12,2 mil).

> CONFIRA A TABELA DA LIBERTADORES

Além da punição por causa de Jesus, o Fla também viu o auxiliar do técnico, João de Deus, ser multado em 1.500 dólares (aproximadamente R$ 6 mil). O também português foi expulso - e comunicado - no intervalo do confronto em Porto Alegre e, assim, não poderá ficar no banco na próxima fase.

- O valor desta multa será debitado automaticamente da quantia a receber pelo CRF em conceito de direitos de Televisão ou Patrocínio - escreveu a entidade.

Pela Libertadores, o Flamengo volta a campo no dia 2 de outubro, na Arena do Grêmio, contra a equipe da casa e pela ida das semifinais. O jogo da volta será em 23 de outubro, no Maracanã. Ambos os duelos serão às 21h30 (de Brasília).