Davinson Sánchez - Colômbia

Foto Manan Vatsyayana/AFP

Futebol Latino
20/05/2020
12:22
Londres (ING)

Por toda a temporada companheiros de Tottenham, em 2018 o zagueiro colombiano Davinson Sánchez e o atacante inglês Harry Kane foram adversários pelas oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia onde os europeus levaram a melhor nas penalidades.

Contudo, na opinião de Kane, autor do gol que abriu a contagem aos nove minutos do segundo tempo, o pênalti marcado de Carlos Sánchez sobre ele não aconteceu e ele chegou a "confessar" isso para Davinson.

O defensor contou a história em entrevista via internet para o programa 'De fútbol se habla así', da emissora 'DirecTV Sports'.

- Eu fico com a referência que eles (ingleses) tem com o Harry, ele é um profissional. Não foi pênalti. Ele disse pra eles e me disse: "Não, mas se o árbitro apitou... tenho que fazer" - disse o defensor de 23 anos de idade.

Com tão pouca idade e uma evolução considerável, sendo hoje peça quase que indiscutível tanto nos Spurs como na seleção da Colômbia, Davinson Sánchez conta que sua ascensão ocorre dessa forma desde o início da carreira. E as procuras de grandes times europeus viriam para suportar sua afirmação.

- Veio Barcelona, Sevilla, Valencia, quando eu nem tinha jogado cinco partidas como profissional. Firmei um pré-acordo com o Villarreal antes do Barcelona - garante o jogador cafetero que, no fim das contas, acabou saindo do Atlético Nacional para o Ajax (Holanda) antes de ser adquirido pelo Tottenham.