Luciano - Deportivo Cuenca x Fluminense

Luciano marcou o segundo gol do Flu (Foto: AFP)

Luiza Sá e Marcello Neves
20/09/2018
23:27
Rio de Janeiro (RJ) 

Volta por cima. Este é o cenário de Luciano depois de marcar um gol e dar uma assistência na vitória do Fluminense por 2 a 0 contra o Deportivo Cuenca (EQU) fora de casa. Eleito o melhor em campo pela Conmebol, o atacante se recuperou de uma lesão e caminha para conquistar a titularidade no Flu. Após começar como meia, o atleta foi deslocado para a função de centroavante e deslanchou: dois gols e uma assistência nas duas partidas que fez na posição. 

- Fico feliz por estar jogando e ajudando meus companheiros. Pedro tem uma qualidade enorme, é muito difícil estar ali no lugar dele. Mas conto com o apoio de todos os meus companheiros e vamos suprir essa ausência. Foi um jogo difícil, espero sempre fazer muitos gols, ajudar os companheiros, a torcida e a direção que colocou confiança em mim - disse.

Novo titular? Não na visão de Marcelo Oliveira, que mantém a disputa aberta. Depois de ser testado como meia, Luciano mostrou que é melhor quando atua como camisa 9, da forma que se destacou com a camisa do Corinthians. O treinador afirmou, em entrevista coletiva, que pode colocar o jogador no lugar de Kayke, que vinha sendo o titular no Brasileirão, mas vai depender "da melhor formação" para o Fluminense. 

- Falei antes do jogo, na preleção, que a imagem anterior que tinha do Luciano foi sempre fazendo gols. Contra o Atlético-PR, ele adiantou e fez gol, hoje novamente. Ele não pode ficar isolado como centroavante e referencia, ele se move bem, é um jogador e que tem capacidade de fazer essa função. Com a volta do Kayke, vamos estudar a melhor formação para o jogo do Campeonato Brasileiro - avaliou o treinador, antes do próprio Luciano completar: 

- Prefiro jogar em qualquer posição que o treinador colocar, quero estar jogando. Agora jogar como meia, centroavante ou de ponta, deixo para ele - disse o atleta, sobre sua preferência.

Contratado por empréstimo de três anos, Luciano estreou pelo Tricolor e logo sofreu uma lesão muscular na coxa. Vale lembrar que ele já se machucou gravemente há alguns anos e luta para manter a boa forma física. Kayke tem quatro partidas como titular e ainda não balançou as redes, e deve disputar a titularidade com Luciano para a partida contra a Chapecoense, na próxima segunda-feira, na Arena Condá.