Dominic Thiem

Dominic Thiem caiu nos detalhes para Kohlschreiber (Crédito: Fotojump)

TÊNIS NEWS
01/05/2016
12:07
MUNIQUE (ALE)

O alemão Philipp Kohlschreiber, 27º do ranking, se sagrou, na manhã deste domingo, tricampeão do ATP 250 de Munique. Ele bateu o jovem austríaco Dominic Thiem, 15º da ATP e 3º favorito ao título, por 7/6(7), 4/6 e 7/6(4), em mais de 2h30min de jogo.

É o 7º título da carreira do germânico. Essa foi a quinta final de Kohlschreiber no torneio da Baviera. Ele vencera as duas primeiras, em 2007 e 2012, sobre Mikhail Youzhny e Marin Cilic, respectivamente, mas caíra em 2013 e 2015, para o compatriota Tommy Haas e Andy Murray. O primeiro título dele em Munique foi, inclusive, seu primeiro de ATP.

Dominic, por sua vez, falhou na tentativa de alcançar a expressiva marca de seis títulos em apenas um ano: desde 23/5/2015, a jovem conquistou os torneios de Nice, Umag, Gstaad, Buenos Aires e Acapulco, tornando-o o tenista mais bem ranqueado do grupo batizado como ‘nova geração’, que inclui grandes promessas, como Nick Kyrgios, Alexander Zverev e Borna Coric.

O JOGO
A partida foi duríssima. No primeiro set, Philipp quebrou Thiem duas vezes, foi vazado uma, e sacou para sair na frente em 5/4. Entretanto, ele não conseguiu fechar. Três quebras seguidas ocorreram, então, totalizando três para cada lado na parcial. O tiebreak foi decidido no detalhe, com o anfitrião fazendo 9/7.

A segunda etapa foi mais fiel ao que se esperava de dois jogadores com alto ranking: apenas três oportunidades de quebra foram registradas, e Thiem foi o único a aproveitar uma delas, levando o jogo à parcial decisiva com um 6/4.

No terceiro set, os tenistas trocaram breaks e tiveram que decidir o campeonato em outro tiebreak. Os trocaram minibreaks duas vezes, até que a revelação de 22 anos sacou em 4/5 e entregou seus dois saques. O experiente Kohlschreiber conquistava, depois de 2h31min, o 7º caneco da carreira.