Santa fé x Flamengo

O árbitro uruguaio Daniel Fedorczuk foi considerado o grande vilão da partida (AFP)

LANCE!
25/04/2018
23:58
Bogotá (COL)

O Flamengo não teve boa atuação diante do Santa Fe (COL), nesta quarta-feira, mas mesmo deixou o campo com o sentimento de ser prejudicado. Isto porque, no último lance da partida o atacante Geuvânio roubou a bola do zagueiro colombiano, invadiu a área e marcou o gol. Que seria da vitória, se não fosse o árbitro uruguaio Daniel Fedorczuk, que acabou a partida assim que o camisa 23 ficou com a bola.

Revoltado após o apito final, Geuvânio não mediu palavras para criticar a forma como o jogo foi conduzido e os erros que estão acontecendo contra a equipe na Copa Libertadores.

- Mesmo que o jogo esteja acabando, não pode acabar com a bola no campo de ataque. É só contra o Flamengo que acontece essas coisas. A arbitragem sempre erra contra o Flamengo - disparou.

O atacante ainda relembrou alguns erros contra a equipe, que sentiu-se prejudicada nos confrontos com o Emelec, no Equador, e com o River Plate, no Nilton Santos.

- Cara, um lance desse não pode errar. Contra o Flamengo, sempre contra a gente estão errando. A bola no ataque, não tem como acabar ali. Não deu nem 50 minutos. Não ouvi apito, eu conclui o lance. O árbitro não deu explicação. Não vou falar nada porque posso falar m*** e sobrar pra mim - disse.

Vale ressaltar, que no primeiro tempo o juiz não marcou pênalti de Henrique Dourado para o Santa Fe. O Flamengo retorna ao Brasil nesta madrugada e desembarca pela manhã no Rio de Janeiro. O dia será de folga para os atletas.