Apresentação do Reforço Réver - Flamengo

Réver pede que o Fla esqueça o Fla-Flu e mantenha o foco apenas no Corinthians (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Hugo Mirandela
19/10/2016
16:30
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo voltará a jogar no Maracanã neste domingo, contra o Corinthians, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por conta disso, o zagueiro Réver reconheceu que a expectativa para o reencontro é grande por parte dos jogadores e da torcida, mas destacou que o time precisa estar focado para não deixar isso atrapalhar.

- A expectativa de jogar no Maracanã é muito grande. Não só dos jogadores, mas dos torcedores aqui do Rio que não nos veem há muito tempo. Mas não podemos esquecer o nosso objetivo, que é de jogo a jogo buscar a vitória. Não podemos ficar ansiosos e fazer um jogo diferente do que estamos acostumados - disse o defensor, em coletiva de imprensa após o treino desta quarta-feira.

Réver também comentou sobre o pedido de anulação do clássico contra o Fluminense, assunto que vem dominando está semana. O zagueiro conta que não está pensando no assunto, deixa na mão da diretoria e pede que a equipe mantenha o foco só no Corinthians.

- Eu sinceramente não penso muito nisso, até porque eu pensar ou não pensar não vai mudar mudar muita coisa. Há pessoas aqui brigando por isso, acredito que temos de pensar no Corinthians e esquecer o que rolou com o Fluminense. Acho que não seria nada certo alguém ser punido por algo que foi correto. Temos que pensar no Corinthians e nos próximos jogos. - opinou o jogador, destacando que os jogadores optaram por não tocarem mais no assunto.

- Tivemos uma reunião com diretoria e comissão técnica, e nós, jogadores, optamos por não tocar nesse assunto de novo. Jogador não tem que vir falar disso, temos o departamento jurídico para falar, já que eles têm mais conhecimento. O maior prejudicado é sempre o jogador. Temos que esquecer e continuar nossa caminhada, estamos a quatro pontos do Palmeiras - completou.

O defensor contou que o time está vacinado para não se abalar com possíveis erros de arbitragem, como aconteceu no jogo de ida contra o Corinthians, no primeiro turno. Réver se colocou no lugar dos juízes e garante que é preciso entender o lado deles.

- Na verdade, temos conversado sempre, sabemos que os erros vão acontecer. Nós erramos muito em campo, e o árbitro tem uma fração de segundos para decidir a jogada. Lógico que não queríamos erros que atrapalham quando você está perto de uma vitória, mas temos que respeitar. O ser humano está sujeito a erros - disse.