Victor Penalber (Foto:Rafael Burza))

Victor Penalber é o favorito a ficar com a vaga brasileira na categoria até 81 quilos (Foto:Rafael Burza/Divulgação)

LANCE!
26/04/2016
18:18
Rio de Janeiro

A cem dias da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos do Rio-2016, os atletas brasileiros já estão na contagem regressiva para a primeira edição da Olimpíada no país. O judoca Victor Penalber, 25 anos, atleta da Equipe de Furnas, admite estar ansioso.

- A gente já está sentindo esse gostinho, e a expectativa só aumenta. Mas procuro não pensar que faltam 100 dias, e sim pensar no próximo dia. Acho que todo dia é o mais importante na preparação, e estamos evoluindo para chegar da melhor forma possível nos Jogos Olímpicos - disse Penalber, medalhista de bronze no Mundial de judô de 2015 na categoria até 81kg.

A CBJ (Confederação Brasileira de Judô) só deverá anunciar os 14 judocas classificados para os Jogos (7 homens e 7 mulheres, um em cada categoria) no dia 1 de junho. Victor é líder do ranking brasileiro na sua categoria e quarto melhor do ranking mundial.

Tocha Olímpica

Depois de percorrer a Grécia durante seis dias, o revezamento da Tocha Olímpica chega a Atenas. Nesta quarta-feira, a partir das 11h (de Brasília), será realizada a cerimônia oficial de passagem da chama Olímpica ao Comitê Rio 2016. A data também marca 100 dias para os Jogos. O Estádio do Panathinaikos, sede dos Jogos Olímpicos de 1896 e também de 2004, será o palco da festa.

A cerimônia poderá ser acompanhada, ao vivo, no canal do Comitê Olímpico Internacional no Youtube e no site do Comitê Helênico.
Estão confirmadas as participações do presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos, do presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e do presidente do Comitê Helênico, Spyros Capralos.

O Revezamento da Tocha Olímpica em solo grego esteve em mais de 30 cidades, em uma rota de 2.000 quilômetros que começou em Olímpia dia 21 de abril com o acendimento da chama Olímpica e terminou em Atenas.

A cerimônia de ‘handover’ (ou passagem da chama) é realizada pelo Comitê Helênico e terá uma programação especial. O popstar grego Sakis Rouvas, a Orquestra Filarmônica de Atenas e a companhia de dança The Bacchae estão entre as atrações do espetáculo. O Comitê Rio 2016 foi convidado a dar um toque de brasilidade e fará uma surpresa.

A chama olímpica seguirá para uma parada na Suíça, país-sede das Nações Unidas e do Comitê Olímpico Internacional. Em 2 de maio, a chama embarca para Brasília, capital federal e ponto de partida da viagem que passará por 327 cidades brasileiras rumo à cerimônia de abertura dos Jogos Rio-2016.