Evandro e Pedro Solberg (Foto:AFP)

 Solberg e Evandro vão encarar canadenses e norte-americanos na rodada desta quinta-feira (Foto:AFP)

LANCE!
25/08/2016
00:51
Rio de Janeiro

No primeiro compromisso após ter sido eliminada nas quartas de final da Olimpíada do Rio-2016, na semana passada, a dupla da Equipe Furnas Evandro e Pedro Solberg (RJ) estreou bem no torneio masculino do Grand Slam de Long Beach, nos Estados Unidos, última etapa da temporada 2016 do Circuito Mundial.  Eles venceram os alemães Dollinger e Schümann por 2 sets a 1 (21/18, 18/21, 15/10), em 48 minutos.

Nesta quinta-feira, Pedro e Evandro encaram os canadenses Binstock/Schachter e os irmãos norte-americanos Taylor e Trevor Crabb pelo complemento do grupo C.

Além deles, as parcerias brasileiras formadas por Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB), Guto/André Stein (RJ/ES) e Thiago/George (SC/PB) também venceram em suas estreias nesta quarta-feira, na primeira fase da competição.

As quatro equipes brasileiras voltam à quadra nesta quinta, quando realizam mais dois jogos pela fase de grupos. Os times que terminam em primeiro em suas chaves vão direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros colocados disputam uma rodada extra, a repescagem (Round 1). O Brasil é o atual campeão do torneio nos dois naipes.

Thiago e George, que disputam o segundo torneio internacional da dupla, surpreenderam os donos da casa Gibb e Patterson, que representaram os EUA nos Jogos Olímpicos. Vitória por 2 sets a 0 (24/22, 21/17), em 41 minutos. Eles agora enfrentam os russos Stoyanovskiy/Yarzutkin e os italianos Ranghieri/Caminati pelo grupo D.

Guto e André Stein, disputando a primeira partida da parceria, também venceram. O carioca e o capixaba se uniram momentaneamente e logo conseguiram bom resultado. Vitória por 2 sets a 0 (21/15, 21/16) sobre outra equipe da casa, Allen e Thed Brunner, em 35 minutos. O time completa a rodada do grupo G nesta quinta contra os poloneses Prudel/Fijalek e os australianos Court/Schumann.

A última partida do dia envolvendo brasileiros foi dos paraibanos Alvinho e Vitor Felipe. Eles superaram os belgas Koekelkoren/van Walle por 2 sets a 1 (21/19, 14/21, 15/13), em 52 minutos. A parceria encara na quinta os espanhóis Herrera/Gavira, que estiveram na Rio 2016, e os suíços Kissling e Krattiger.

A vitória em um Grand Slam rende 800 pontos ao time campeão, além de uma premiação de 57 mil dólares. Long Beach é o segundo torneio da temporada 2016 do Circuito Mundial disputado nos Estados Unidos. O país também recebeu o Open de Cincinnati, em maio. Até hoje, 15 etapas do Circuito Mundial (nos dois naipes) foram disputadas nos Estados Unidos. O Brasil soma 21 medalhas no feminino e 15 entre os homens.