PRESIDENTE EM EXERCÍCIO MICHEL TEMER RECEBE ATLETAS DO TIME BRASIL

Michel Temer recebe cerca de 60 atletas no Palácio do Planalto (Foto: COB/ Fernando Bizerra)

LANCE!
13/07/2016
19:08
Rio de Janeiro

A 23 dias da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, no Maracanã, 58 atletas da equipe brasileira participaram de encontro no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (13.7), com o presidente em exercício, Michel Temer. Entre eles estavam integrantes da Seleção Brasileira de nado sincronizado que fazem parte da Equipe Furnas: Lorena Molinos, Maria Bruno e as gêmeas Beatriz e Branca Feres.

- Além do empenho, vamos pedir um esforço e uma concentração absoluta, porque, para nós, é um grande momento do Brasil, um momento em que cinco bilhões de pessoas vão assistir aos Jogos Olímpicos, mas na verdade estarão vendo o Brasil. É um momento de confraternização universal. O esporte é um meio de integrar pessoas e de fazê-las amigas, fraternas, que é o que estamos fazendo no Brasil. Quando os senhores puderem ostentar as medalhas, estaremos revelando o Brasil ao mundo, e revelando um Brasil onde a democracia é estável, onde as coisas estão caminhando bem, onde as instituições funcionam. Os senhores serão, por assim dizer, os embaixadores do nosso país - disse Temer.

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, destacou a preparação histórica, com investimentos em instalações, equipamentos e na preparação dos atletas.
- O Brasil se preparou como nunca para este ciclo olímpico. Foi o maior investimento já feito pelo governo federal e pelo Ministério do Esporte em todas as edições dos Jogos. Sem dúvida essa será a melhor participação do Brasil nas edições dos Jogos. E esperamos que nos próximos ciclos possamos investir ainda mais e ter melhores resultados.

O diretor executivo de esportes do Comitê Olímpico do Brasil, Marcus Vinícius Freire, endossou o argumento de que a preparação nacional subiu de patamar.

- Tivemos o maior investimento da história e estamos com um mapa estratégico traçado desde 2009 para chegar ao top 10. Não é uma meta fácil, mas é factível e vamos contar com os 460 atletas do Brasil para chegar lá.

Ao todo, a delegação que competirá no Rio de Janeiro já tem 460 nomes confirmados – número que ultrapassa em muito o recorde de até então, registrado na edição de Pequim 2008, com 277 brasileiros.

Na preparação final para as competições, o Brasil contará com estruturas exclusivas que funcionarão como base de treinamento. Na Escola Naval, por exemplo, treinarão o nado sincronizado, o polo aquático e o tiro esportivo.

Até lá, a Seleção de nado sincronizado se concentra em Salvador até a próxima quarta-feira. Após os treinos na Escola Naval, a entrada na Vila Olímpica será no dia 1º. de agosto. Integrante da equipe, Lara Teixeira está confiante.

- Estamos com uma expectativa muito boa em relação às finais olímpicas, tanto na prova de duetos quanto na equipe. Óbvio que a gente busca medalha, mas a gente está fazendo uma estimativa de entrar no top 6 do mundo. Como é a primeira vez que a equipe compete em Olimpíada, esse já seria um resultado histórico para a gente - acredita.