Fabiana Beltrão

Amigos e parentes compartilham a hashtag #fabibeltramenoRio2016 (Foto: Reprodução/Facebook)

LANCE!
17/04/2016
20:04
Rio de Janeiro

Amigos da remadora Fabiana Beltrame, atleta da Equipe de Furnas, estão fazendo uma campanha nas redes sociais para que ela seja convidada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) a disputar os Jogos Olímpicos do Rio em agosto. O apelo está sendo feito também para o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), a Fisa (Federação Internacional de Remo) e a CBR (Confederação Brasileira de Remo). As postagens são seguidas pelas hashtags: #fabibeltramenoRIO2016, #worldrowing #fisa #cob #cbr #remo e #coi.

"Fabiana Beltrame... Mulher guerreira... grande atleta.. mãe exemplar... Um currículo repleto de conquistas. Por muitas vezes nos encheu de alegrias. Muitos feitos que ficarão para sempre gravados na história do esporte nacional. O Remo vem conquistando seu espaço e abrindo caminho para novas promessas. É realmente muito frustante ver sua situação. Uma classificação que escapou por muito pouco. É mérito aos demais atletas do remo que brilhantemente conquistaram suas vagas, em suas categorias, e irão lutar bravamente por medalhas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Mas, se esta ausência se confirmar, sentiremos sua falta. Faltará sua bravura, sua simpatia, sua garra e sua determinação. Sigo na torcida para que, de alguma forma, você seja convidada a participar dos Jogos Olímpicos RIO 2016", escreveu um fã da ramadora, Gabriel Pires Silva, em seu perfil no Instagram.

No Facebook, ele repetiu a mensagem e escreveu: "Nossa campanha está com tudo!!! Continuem nossa corrente.Vamos compartilhar, tuitar, avisar nossos amigos e pedir que postem, compartilhem e divulguem a hashtag #fabibeltramenoRIO2016".

A campanha está sendo divulgada por parentes e amigos da remadora. Fabiana não conseguiu a vaga olímpica na seletiva brasileira feita há cerca de três semanas e agora aguarda um convite do COI para disputar sua quarta olimpíada - ela esteve nas edições de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012. Maior nome do remo do país, Fabiana foi a primeira atleta da modalidade a conseguir uma classificação olímpica, para os Jogos de 2004.

Apesar de ter conquistado a vaga nos Jogos deste ano, a remadora ficou fora da convocação oficial da CBR, que optou, por critérios técnicos, classificar, no feminino, o barco do double Skiff peso-leve de Vanessa Cozzi e Fernanda Nunes.

Pelas regras da Fisa e do COI, cada país pode classificar apenas um barco masculino e um feminino, definidos na Regata Continental Latino-Americana, em março, no Chile. Já a comissão técnica determinou que, caso dois barcos se classificassem, iria a Olimpíada do Rio-2016 aquele que obtivesse melhor índice de referência. Fabiana Beltrame, com 91,70%, foi pior que a dupla Vanessa/Fernanda, com 93,95%.

A CBR, via COB, já solicitou à Fisa e ao COI permissão para que o Brasil participe nas quatro provas nas quais se classificou na Olimpíada. Enquanto isso, parentes e amigos seguem em campanha para que Fabiana, de 33 anos, encerre a carreira após disputar sua quarta olimpíada.