Isaquias Queiroz - Petrobrás

Isaquias Queiroz já está em sua primeira decisão nos Jogos Olímpicos (Foto: Steferson Faria)

Guilherme Cardoso
15/08/2016
10:34
Rio de Janeiro (RJ)

O canoísta Isaquias Queiroz não poderia prever uma estreia melhor nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, no Estádio da Lagoa. O brasileiro se garantiu antecipadamente na final da prova do C1 1.000m da canoagem velocidade sem ao menos precisar passar pelas disputas das semifinais.

O atleta do Brasil venceu sua bateria eliminatória, a segunda do dia, com o tempo de 3m59s615. Foi a segunda melhor marca, atrás apenas do alemão Sebastian Brendel, que triunfou na primeira série, com 3m58s044. Como o vencedor de cada uma das três eliminatórias não precisaria passar pelas semis, os dois já estão na decisão. Serghei Tarnovschi, da Moldávia, também avançou direto, com a marca de 4m05s193.

- Nada está garantido ainda. Mas na final dá para ir ainda mais forte e disputar com o Brendel, que é o atual campeão olímpico e o homem a ser batido na Olimpíada. Mas gostei da prova – explicou o brasileiro.

Como tem acontecido nas principais arenas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Isaquias foi muito incentivado pelo público presente na arquibancada do Estádio da Lagoa. Seus familiares também marcaram presença. Ele até conseguiu acompanhar a chegada da mãe e do irmão.

- Com o Brasil torcendo na arquibancada, foi muito bom – resumiu.
Em sua primeira participação em uma Olimpíada, Isaquias sonha alto.

Além da prova do C1 1.000m, ele vai disputar o C1 200m e o C2 1.000m, essa última na qual é o atual campeão mundial ao lado de Erlon de Souza.

- Tenho certeza que vim muito treinado para cá. Vim para ganhar três medalhas, independentemente da cor, e ajudar o Brasil no quadro – afirmou o atleta.

A primeira chance para garantir um lugar no pódio começou bem. A decisão do C1 1.000m está marcada para a manhã desta terça-feira. Vai ter mais festa na Lagoa?