Tiago Camilo (Crédito: EBC)

Comissão dos Atletas pede revisão de votação para novo estatuto do COB  (Crédito: EBC)

LANCE!
23/11/2017
14:17
Rio de Janeiro (RJ)

Após a polêmica votação quanto ao aumento da participação dos atletas nas decisões do Comitê Olímpico do Brasil (COB) na última quarta-feira, a Comissão de Atletas se manifestou, através de uma carta, contra a decisão. Após pleito polêmico, com a anulação do voto do presidente da Confederação Brasileira de Rúgbi (CBRu), ficou decidido que, diferentemente da primeira proposta do novo estatuto do COB, apenas cinco atletas, a não 12, terão direito a voto nas decisões do comitê.

No documento, a Comissão de Atletas pediu a revisão da decisão. A carta foi assinada pelo presidente da organização, Tiago Camilo e enviada na noite da última quarta-feira. De acordo com a vice-presidente dos atletas, Yane Marques, eles ainda aguardam um posicionamento do COB.

- Estamos aguardando um posicionamento do COB. O voto da Confederação de Rugby, que foi dado no início da reunião, não foi validado. Isso muda tudo - disse Yane.

Na carta, a Comissão discorda da rejeição do voto do representante da CBRu, que precisou sair mais cedo da Assembleia Geral Extraordinária, afirmando que fere a implementação de um processo democrático no COB. Para a organização, a maior representatividade dos atletas seria motivo de orgulho e demonstração de inovação implementada pela comunidade esportiva nacional

"Diante deste cenário, a Comissão de Atletas do COB vem, de forma veemente, refutar a decisão da Assembleia do COB. A maior participação dos atletas no processo decisório do COB – único representante do Movimento Olímpico no Brasil e única entidade nacional reconhecida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) para dirigir os rumos do esporte olímpico no Brasil – é uma reivindicação e um questionamento do próprio COI que, através da Agenda 2020, prioriza e valoriza a maior participação de atletas olímpicos no processo decisório em âmbito nacional" afirma o documento assinado por Camilo.

Confira um trecho da carta:

'A Comissão de Atletas do COB vem postular junto ao Presidente do COB e também Presidente de sua Assembleia Geral, bem como junto aos membros da Comissão Estatuinte:

3.1 Que seja avaliada a decisão da Assembleia de rejeitar o voto “SIM” consignado da Confederação Brasileira de Rugby;

3.2 A total revisão da decisão que rejeitou a proposta de participação de 12 (doze) atletas, correspondente a 1/3 do total de Membros Representantes das Pessoas Jurídicas filiadas, reduzindo esta representatividade para apenas 05 (cinco) atletas, e que a mesma volte a ser incluída na próxima revisão estatutária que, por força do Estatuto aprovado, está prevista para ocorrer a cada 02 (dois) anos;

Ao encerrar, cabe registrar que a iniciativa deste Manifesto e seu inteiro teor foram submetidos à análise de todos os membros da Comissão de Atletas do COB, tendo sido aprovados integralmente.

Agradeço a oportunidade de poder participar, na qualidade de representante da Comissão de Atletas do COB, das reuniões da Comissão Estatuinte, bem como da citada Assembleia Geral, ocorrida nesta data, ficando na expectativa que o pleito acima exposto seja analisado e acolhido pela Presidência do COB e pelos Membros da Comissão Estatuinte.

Sigo ao dispor do esporte olímpico brasileiro, convicto de que o engajamento e a efetiva participação de atletas olímpicos no processo decisório do COB é imprescindível ao seu crescimento, aprimoramento e modernização.

Atenciosamente,

Tiago Camilo
Presidente da Comissão de Atletas do COB'