LANCE!
20/08/2017
14:00
Londres (ING)

No primeiro clássico da Premier League 2017/18, o Chelsea visitou o Tottenham, em um lotado Wembley, e venceu por 2 a 1, com dois gols de um herói improvável. Pela segunda rodada da competição, Marcos Alonso balançou a rede duas vezes, sendo um de falta, e ajudou os Blues a esquecerem a dura derrota na estreia (para o Burnley, em casa). Batshuayi, contra, foi quem fez para os Spurs.

Agora, os rivais londrinos ficam com três pontos somados. O Tottenham está na nona posição, uma vez que bateu o Newcastle na abertura, enquanto o Chelsea pula para o décimo segundo lugar. 

O JOGO

Por estar jogando em casa, a iniciativa das ações foi do Tottenham, que chegou a criar boas oportunidades de abrir o marcador, tanto que Courtois foi bastante exigido. Quem balançou a rede, contudo, foi o time visitante - que, cabe destacar, desperdiçou uma chance incrível com Morata, logo nos minutos iniciais. E com um golaço. Atuando de volante, David Luiz sofreu uma falta da entrada da área, e Marcos Alonso cobrou com perfeição, sem chance alguma para Llloris. 

Os Spurs aumentaram o volume da pressão, o Wembley, com mais de 70 mil torcedores, acompanhou o ritmo, porém Courtois e a trave do belga, atingida com chute de Kane, evitaram que o marcador fosse igualado na etapa inicial. 

Após o intervalo, o Chelsea vinha tendo uma postura defensiva ainda mais sólida, além de levar perigo nas investidas de contragolpe, com Willian chegando a enfiar uma bola na trave.

Com as duas equipes modificadas, o Spurs chegaram ao empate por conta de uma infelicidade de Batshuay, que havia entrado para ser letal na frente. Porém, foi atrás... O atacante belga marcou contra o próprio patrimônio após cruzamento venenoso de Eriksen.

O gol de empate surgiu quando restavam pouco mais de minutos para o apito final. A pressão dos mandantes foi enorme, sobretudo na bola parada de Eriksen, mas o clássico guardava mais um capítulo memorável para Alonso. Depois de rápida investida pelo flanco, o ala-esquerdo dos Blues anotou já no fim, aos 43, contando com falha de Lloris. Placar decidido com a - improvável - estrela de Marcos Alonso. 

SEGUNDA VITÓRIA DO HUDDERSFIELD

Mais cedo, abrindo a rodada neste domingo, o Huddersfield Town recebeu o Newcastle e venceu por 1 a 0, com gol de Aaron Mooy aos cinco minutos da etapa final. O duelo entre recém-promovidos à elite inglesa marcou a segunda vitória em dois jogos dos Terriers. 

Na primeira rodada, o Huddersfield, que retornar à elite após 45 anos, já havia surpreendido ao bater o Crystal Palace fora de casa. Campeão da Championship 2016/17, Newcastle, por sua vez, conhece a sua segunda derrota - a primeira se deu diante do Tottenham.