Zé Ricardo - Técnico do Flamengo

Flamengo de Zé Ricardo precisa melhorar alguns pontos para ser campeão (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

LANCE!
09/08/2016
06:30
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo terminou muito bem o primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro está entre os quatro primeiros, na briga pelo título e com um
futuro promissor. No entanto, a equipe do técnico Zé Ricardo precisa melhorar em alguns pontos para tornar realidade o sonho de conquistar o heptacampeonato.

Um deles é a dificuldade em vencer os concorrentes diretos. Do grupo dos seis primeiros colocados, considerados favoritos ao título, ganhou apenas do Atlético-MG, em Brasília. Mesmo assim, foi em uma fase que o Galo não estava tão bem no campeonato como está agora.

Inclusive, isso é uma coisa que já tem a atenção do elenco do Fla. Segundo o zagueiro Réver, será importante nesta segunda parte da competição nacional vencer os chamados 'jogos de seis pontos'.

– Todo jogo é importante, mas contra os concorrentes diretos temos a possibilidade de vencer e impedir, ao mesmo tempo, que eles possam somar pontos – disse o zagueiro rubro-negro à “Gazeta Esportiva”.

Outra falha que o Flamengo precisa consertar é o poder de reação durante os jogos. Até agora, o time só conseguiu virar uma partida no Brasileirão, logo na estreia de Zé Ricardo, contra a Ponte Preta. Na ocasião, o Fla saiu perdendo por 1 a 0 e venceu por 2 a 1, mesmo fora de casa.

Em outras sete partidas, o RubroNegro saiu atrás e acabou perdendo ou no máximo empatando: Grêmio (0 a 1), Chapecoense (2 a 2), Figueirense (0 a 1),
Palmeiras (1 a 2), São Paulo (2 a 2), Fluminense (1 a 2) e Corinthians (0 a 4).
Outro fator importante para ser campeão é a sequência de vitórias. O Fla faz uma campanha equilibrada, mas ainda não conseguiu conquistar mais do que dois triunfos seguidos neste primeiro turno.

Para Mancuello, o time tem condições de ser campeão, mas admite que precisa melhorar.

– O Flamengo tem plenas condições de conquistar os seus objetivos neste segundo semestre, mas logicamente vamos ter que melhorar em alguns aspectos importantes e que costumam punir os clubes que não conseguem ir bem neles – disse o meio-campo argentino.