Volei - Escadinha (foto:Divulgação/FIVB)

Escadinha comemora um ponto com Lucarelli (Divulgação/FIVB)

LANCE!
14/07/2016
14:01
Rio de Janeiro


O líbero Escadinha, integrante do Time Petrobras, foi um dos destaques do Brasil na abertura da fase final da Liga Mundial de vôlei, em Cracóvia, na Polônia, nesta quarta-feira.

O campeão olímpico e mundial fechou a rodada inicial com a quinta melhor performance na defesa, com 3,33 acertos, em média, por set. Vale lembrar que no jogo o Brasil venceu com autoridade a Itália por 3 sets a 0, parciais de 25-18, 25-20 e 25-19.

O time brasileiro voltará a jogar nesta sexta-feira, às 15h30 (horário de Brasília), contra os Estados Unidos. O jogo, para os americanos, vale vaga nas semifinais da competição, que serão disputadas no sábado. A Seleção se garantiu, nesta quinta-feira, após a Itália bater os EUA por 3 a 1.

- É sempre muito difícil jogar contra os Estados Unidos. É um time que joga taticamente muito correto. Eles entram com uma tática de jogo e não mudam. Mas o nosso time está vivendo um momento muito bom e temos que entrar com o gás total para fazer uma boa partida e garantir essa vaga na semifinal - disse o jogador.

O Brasil é o maior vencedor da Liga Mundial em todos os tempos, com nove conquistas, oito delas com a presença do líbero (2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010). Aos 40 anos, Escadinha é o jogador mais vitorioso do atual grupo comandado por Bernardinho. incluindo um ouro (Atenas-2004) e duas pratas olímpicas (Pequim-2008 e Londres-2012).