Guilherme Cardoso
19/08/2016
09:45
Rio de Janeiro (RJ)

A saga de Isaquias Queiroz pela terceira medalha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro continua. Na manhã desta sexta-feira, o canoísta, ao lado de Erlon de Souza, se classificou para a final da prova C1 1.000m na canoagem velocidade, no Estádio da Lagoa, na Lagoa Rodrigo de Freitas. A disputa pela medalha acontece no sábado.

Sem muita dificuldade na primeira bateria eliminatória, Isaquias e Erlon completaram a distância em 3m33s269. Como terminaram a disputa na primeira colocação, eles passaram direto para a final sem precisarem disputar a semifinais.

Seus principais adversários na decisão devem ser os alemães Sebastian Brendel e Jan Vandrey, vencedores da segunda eliminatória. Os europeus finalizaram a disputa em 3m33s482 e também se garantiram diretamente na disputa pela medalha.


Vale lembrar que Isaquias e Brendel já travaram uma disputa na prova do C1 1.000m, na última terça-feira. Na ocasião, o alemão conquistou o bicampeonato olímpico, e o brasileiro acabou com a medalha de prata.
O canoísta brasileiro pode se tornar neste sábado o maior medalhista do país em uma única edição dos Jogos Olímpicos, com três láureas. Além da preta no C1 1.000m, ele tem o bronze no C1 200m.

Como Isaquias e Erlon são os atuais campeões mundiais no C2 1.000m, a expectativa é por mais um bom resultado. E um novo feito histórico para a canoagem velocidade do Brasil.