Luis Fabiano e Luiz Eduardo voltam a correr no gramado (Foto: Divulgação)

Luiz Eduardo em atividade com Luis Fabiano no CT da Barra Funda (Foto: Divulgação)

LANCE!
12/11/2015
11:15
São Paulo (SP)

O São Paulo perdeu mais um zagueiro para a reta final desta temporada. Depois de Breno, foi a vez de Luiz Eduardo ser operado por problema no joelho esquerdo, mas sua situação mais delicada. O camisa 26 tem contrato com o Tricolor somente até dezembro deste ano e, como a recuperação de uma artroscopia leva um mês, pode não jogar mais pelo clube paulista.

A última vez em que Luiz Eduardo entrou em campo foi na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, em 25 de outubro. Três dias depois, ficou no banco de reservas na eliminação para o Santos na semifinal da Copa do Brasil e, desde então, ficou no Reffis para tratar dores no joelho esquerdo. Tal problema tem sido recorrente desde a chegada do beque ao Morumbi.

O zagueiro foi contratado de graça no fim de julho deste ano após ser eleito o melhor da posição na Série A2 do Campeonato Paulista, pelo São Caetano. O Azulão aceitou liberar 50% dos direitos econômicos do atleta ao São Paulo, que paga R$ 40 mil por mês ao defensor de salário. Caso o Tricolor resolva contratá-lo em definitivo, terá de pagar pelos outros 50% do time do ABC Paulista e ainda aumentar os vencimentos de Luiz.

Em menos de quatro meses de clube, o beque de 28 anos disputou somente nove partidas, todas como titular. A estreia foi no empate em 1 a 1 com o Corinthians no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. No jogo seguinte, a vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, foi expulso. Já na abertura do returno, na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, marcou seu único gol pelo Tricolor, clube pelo qual é torcedor desde a infância. 

O elenco são-paulino terminará a temporada com apenas cinco zagueiros à disposição do técnico interino Milton Cruz: Rodrigo Caio, Lucão (os dois estão com a Seleção Brasileira Olímpica para dois amistosos), Lyanco, Edson Silva e Iago Maidana, que não deve ser utilizado neste ano.