Guilherme Amaro e Márcio Porto
31/10/2016
22:23
São Paulo (SP) 

O São Paulo foi derrotado pelo América-MG por 1 a 0, no Independência, muito em função da estupenda atuação do goleiro João Ricardo. Com boas defesas, ele garantiu a vitória do time mandante e ficou com a maior nota do confronto. Do lado são-paulino, o destaque foi o peruano Cueva. Confira as atuações: 

AMÉRICA-MG

8,0
JOÃO RICARDO

Fez defesas impressionantes e garantiu a vitória. 

6,0
CHRISTIAN

São Paulo atacou muito pelo seu setor, mas jogador conseguiu fazer desarmes. 

5,5
ÉDER LIMA

No fim da partida, se jogou em uma bola e salvou o time. Cometeu vacilos no posicionamento.

5,5
MESSIAS

Também deu alguns espaços, mas foi bem nas bolas aéreas.

5,5
ERNANDES

Perdeu chance incrível de cabeça. Sofreu na marcação.

5,5
JUNINHO

Não acompanhou os adversários em algumas jogadas.


6,0
LEANDRO GUERREIRO

Conseguiu desarmar e não comprometeu nas saídas de bola. 

7,0
DANILO BARCELOS

Tentou organizar o time e deu assistência para o gol da vitória. 

5,5
TONY

Errou passes nos contra-ataques e não conseguiu ser efetivo.

6,0
MATHEUSINHO

Buscou as jogadas individuais, mas perdeu muitas bolas.

7,0
MICHAEL

Na única chance que teve, chutou de longe e fez o gol da vitória.

6,0
MAKTOM

Rebateu o perigo e não comprometeu na marcação.

5,5
CLAUDINEI

Pouco pegou na bola, mas ajudou na marcação pela direita.


RENATO BRUNO

Entrou aos 46 minutos e fica sem nota. 

6,5
ENDERSON MOREIRA

Apesar da situação complicada, consegue incentivar os jogadores. Time foi pressionado, mas resistiu. 

SÃO PAULO

5,0
DENIS

Assim como no clássico contra o Santos, não conseguiu proteger seu canto no gol do América-MG. Infeliz.

5,5
WESLEY

Perdeu a bola que originou o gol dos donos da casa. Fora a falha justificável pela linha de campo, deu conta do recado.

5,0
MAICON

Errou no gol do América-MG ao perder o tempo da bola na marcação a Michael. Volta ao Horto não foi a esperada.

5,5
RODRIGO CAIO

Sem a mesma firmeza de partidas anteriores, com certa dificuldade para encontrar os atacantes. Quase fez gol.

6,5
MENA

Participou das principais chances do time com chegada firme ao ataque. No segundo tempo, pareceu cansar.

4,5
JOÃO SCHMIDT

Novamente, errou muitos passes que prejudicaram demais a evolução do jogo do time. Não vive boa fase.

6,5
THIAGO MENDES

Acelerou as jogadas quando recebeu a bola. Tentou infiltrar na defesa, mas a marcação funcionou. Dá opções.

4,5
DAVID NERES

Habilidoso, esperto, talentoso. Mas teve o jogo nas mãos e desperdiçou três chances na cara do gol. Noite infeliz.

7,0
CUEVA

Técnica apurada para distribuir as jogadas. Fez ótima parceria com Mena pelo lado esquerdo. Estrela solitária.

5,0
KELVIN

Impressionante como caiu de produção. A velocidade que antes irritava adversário, hoje irrita o torcedor.

5,0
CHAVEZ

Teve duas boas chances, mas brigou pouco nas bolas aéreas, sendo substituído no segundo tempo. Já são dez jogos sem fazer gol.

5,0
PEDRO

Manteve a média. Precisa “gostar” mais de tentar o gol. Saiu de campo sem testar o goleiro adversário.

5,5
LUIZ ARAÚJO

Entrou com muita vontade e velocidade, sua principal característica, mas pouco pode fazer.

5,5
RICARDO GOMES

Time criou as oportunidades, mas desperdiçou chances claras. As mudanças no segundo tempo não surtiram efeito.