San Francisco 49ers

Equipe californiana tem muitos jogadores ficando sem contrato em 2021 (San Francisco 49ers)

LANCE!
25/02/2021
14:13
San Francisco (EUA)

O Lance! segue, nesta quarta-feira (23), a série com os 32 times da NFL, falando sobre como cada equipe entra na offseason da temporada 2021. As principais necessidades, a situação no teto salarial e os melhores jogadores que têm seus vínculos encerrados são temas abordados neste texto. Hoje, continuamos a análise da NFC West, (veja abaixo matérias com equipes da própria NFC West, além da AFC South e NFC North). O foco do dia é no San Francisco 49ers, que vive indefinição na posição de quarterback, com Jimmy Garappolo não aparentando ser o nome predileto para seguir no comando do ataque na franquia.

> NFC North: Chicago Bears, Detroit Lions, Green Bay Packers e Minnesota Vikings.
> AFC South: Houston Texans, Indianapolis Colts, Jacksonville Jaguars e Tennessee Titans.
NFC West: Los Angeles Rams e Seattle Seahawks.

Última temporada
O San Francisco 49ers venceu seis jogos e perdeu dez na temporada 2020 da NFL. o desempenho pode ser considerado relativamente satisfatório se você olhar com atenção todos os percalços que o time teve pela frente no ano. 

A franquia californiana deve ter sido o time que mais sofreu com as lesões na temporada passada. Perdendo não apenas em quantidade, mas também os principais astros do time. Nomes como Nick Bosa, George Kittle, Richard Sherman, Dee Ford e Jimmy Garappolo passaram mais tempo em recuperação de lesões do que dentro do campo.

Aliás, sobre Garappolo, o fato de se lesionar bastante e alguns questões com relação ao seu talento, fazer o San Francisco explorar o mercado de quarterbacks, pensando em um upgrade na posição. Um corte do QB não seria tão sentido em termos de CAP, permitindo que os Niners possam mudar o comandante do seu ataque.

Situação do teto salarial
​Para 2021, a expectativa é que o CAP (teto salarial da liga) seja menor que o ano passado. Isso acontece devido à pandemia de coronavírus, que atrapalhou a arrecadação da liga no ano anterior, principalmente em termos de bilheteria. O valor para acomodar todos os contratos do ano é estimado em pouco mais de 185 milhões de dólares pelo site Spotrac, especializado em finanças dos esportes americanos.

Com um elenco jovem, montado principalmente via escolhas nos Drafts anteriores, o San Francisco 49ers tem pouco mais de 16.4 milhões de dólares de espaço no CAP. A franquia é uma das poucas que tem respiro no teto salarial, podendo, assim, até ser mais agressiva durante a Free Agency que boa parte dos seus concorrentes.

Ainda assim, os Niners devem promover alguns cortes ou reestruturações. Um contrato que abriria bastante espaço na folha salarial é o do quarterback Jimmy Garappolo - 23.6 milhões de dólares -, mas é de se imaginar que o time só abriria mão do jogador em caso de ter um substituto confiável já engatilhado para o seu lugar.

Outros atletas que podem estar com seus contratos ameaçados são os guard Laken Tomlinson e Weston Richburgh e o linebacker Marc Nzeocha. O defensive end Dee Ford também pode ser dispensado, porém apenas se estiver saudável, uma vez que em seu contrato há uma garantia que seja pago o valor de 11.6 milhões de dólares caso ele esteja no roster dos 49ers no dia 1º de abril deste ano. Desta forma, a direção de San Francisco terá trabalho para abrir mão do jogador.

Principais Free Agents
​Se a situação no CAP é de certa forma tranquila para os 49ers, o mesmo não pode ser dito com relação aos free agents. San Francisco está próximo de perder alguns jogadores talentosos, podendo abrir buracos em diversos setores da equipe.

Para início de conversa, o left tackle Trent Williams, adquirido na última temporada e um dos melhores de toda NFL, tem seu contrato encerrado e poderá assinar com qualquer clube que o interesse. O fullback Kyle Juszczyk, queridinho da torcida californiana, é outro que também deve dar adeus ao time da Baía de São Francisco.

Na defesa, San Francisco está próximo de perder um caminhão de cornerbacks com o falastrão e excelente Richard Sherman sendo o mais notório free agent defensivo na franquia. Há outros nomes que também vão desfalcar a secundária como K'Waun Williams e Jason Verrett. Na linha defensiva, Ronald Blair é mais um nome que pode estar de partida.

Principais necessidades
Muitos torcedores apontam quarterback como a principal necessidade. Mas Jimmy Garappolo, com um elenco forte ao seu redor, permite que San Francisco seja vencedor. Resta saber se o físico dele vai ajudar em 2021. Sendo assim, os Niners deveriam focar seus esforços em encontrar talentos para a posição de cornerback, uma vez que boa parte dos jogadores do setor estão sem contrato. Seja via Draft ou Free Agency, San Francisco precisa de talentos na secundária.

Outro setor que demanda investimentos por parte dos 49ers é a linha ofensiva, especialmente se o left tackle Trent Williams for navegar em novos mares. O miolo da OL também pode ser priorizado, para dar mais profundidado ao elenco e ter melhores talentos nas posições de guard e center.