Clyde Edwards-Helaire running back do Kansas City Chiefs

Clyde Edwards-Helaire brilhou em sua estreia (Andrew Mather/Kansas City Chiefs)

LANCE!
12/09/2020
12:22
Kansas City (EUA)

Após dividir opiniões por selecionar um running back no fim da primeira rodada do Draft da NFL de 2020, o Kansas City Chiefs vai provando que fez uma boa escolha. Clyde Edwards-Helaire, de apenas 21 anos, nasceu e cresceu em Baton Rouge, Louisiana, e frequentou a Louisiana State University (LSU) - sediada em sua terra natal - nos seus três anos no futebol americano universitário. O calouro não era o mais cotado running back na seleção anual de atletas universitários da NFL este ano, mas era considerado por muitos especialistas o mais versátil da posição.

Depois de dois anos discretos em LSU, Edwards-Helaire, agora apelidado de CEH, teve seu breakout year em 2019, quando, ao lado de Joe Burrow, ajudou a levar sua alma mater ao primeiro título nacional em 12 anos, acumulando 1414 jardas terrestres em 215 corridas e 453 jardas aéreas em 55 recepções. Na maior parte dos rankings de prospectos para o draft deste ano, o corredor de LSU estava cotado como o terceiro melhor da posição (atrás de D’Andre Swift e Jonathan Taylor), mas, contrariando expectativas da maior parte dos analistas, CEH foi o primeiro RB selecionado, sendo o único no primeiro dia de recrutamento.

A escolha por parte dos Chiefs gerou muito debate entre os fãs da modalidade, já que era previsto que o prospecto de Louisiana State pudesse cair até a segunda rodada, e a escolha dos Chiefs foi criticada pois poderia ser feita em uma escolha mais baixa e também por não preencher outras necessidades do elenco. Por outro lado, quem acompanhou a temporada passada do college já sabia que o calouro poderia ter um impacto imediato no esquema de Andy Reid tanto pelo solo quanto recebendo passes, tornando esse ataque ainda mais multidimensional. A escolha de um running back acabou beneficiando os atuais campeões do Super Bowl, já que o titular da equipe em 2019, Damien Williams, optou por não disputar a atual temporada devido ao Covid-19.

CEH no kickoff da NFL

Se o calouro de LSU merecia ou não ser escolhido na primeira rodada é uma questão que só o tempo responderá, mas o desempenho do running back em sua estreia já deixou os torcedores de Kansas City animados. Foram 138 jardas em 25 carregadas, mostrando muita eficiência (5.5 jardas por corrida), e já indicando que será o responsável pelo jogo terrestre (Darrel Williams, o outro RB da equipe, teve apenas 7 carregadas). As 138 jardas corridas que Edwards-Helaire teve na última quinta-feira foram o maior número de um running back dos Chiefs desde Kareem Hunt na semana 15 da temporada de 2017. Ao contrário do seu último ano no college, CEH ainda foi pouco explorado no jogo aéreo, sendo apenas alvo de dois passes, o que leva ao questionamento: será que Andy Reid ainda está escondendo o jogo de seu novo running back? O que será que veremos de Helaire na próxima semana em Los Angeles?