Witsel - Bélgica

Witsel quer ver o povo  belga orgulhoso e festejando o terceiro lugar na Copa do Mundo (Foto: Patrik Stollarz / AFP)

Carlos Alberto Vieira
13/07/2018
14:28
Enviado especial a São Petersburgo (RUS)

O volante belga Witsel jogou entre 2012 e 2016 no Zenit, o forte time de São Petersburgo e pelo qual foi campeão russo. De volta à cidade, neste sábado, pela primeira vez ele jogará no estádio que será o oficial do clube tão logo recomece a temporada do futebol no país. Mas ele não estava lá tão feliz.

- Este estádio é fantástico, a atmosfera nesta cidade é incrível, mas eu preferia não ter voltado aqui. Queria ter vencido a França na semifinal e estar jogando  a final em Moscou e não o terceiro lugar em São Petersburgo. Mas já que estamos aqui, o que posso garantir a todos é que temos de terminar em terceiro lugar tanto pelo nosso país quanto pelo grupo de jogadores – disse o jogador, que agora defende o Tianjin, da China, e considera que o time jogará com a faca nos dentes para honrar todo o seu povo.

- Será especial vencer o time da Inglaterra, que é de alto nível, voltar para casa e ser recebido com festa por terminarmos em terceiro lugar – completou.
 
O volante não se mostrou muito animado quando perguntaram sobre o que achou da Copa do Mundo e se ele tinha um favorito para a decisão.

- A Rússia faz excelente Copa, a melhor. Sobre a final, eu possivelmente não acompanharei, pois estarei retornando para casa, contente em ajudar a Bélgica a conseguir mais um bom resultado.  Não vejo um favorito na decisão, embora meu palpite seja para a França.