Jordi Alba

Jordi Alba pediu paciência da torcida com a seleção espanhola (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP) 

Marcello Neves
21/06/2018
12:27
Kazan (RUS)

A Espanha teve dificuldade para vencer o Irã, muito devido ao adversário manter uma postura de marcação durante os 90 minutos. No entanto, a atuação da seleção espanhola foi criticada pela imprensa do país, que esperava um resultado maior que 1 a 0. Jordi Alba lembrou que todas as favoritas tem tropeçado no torneio e pediu paciência antes de "caírem de pau" na equipe. 

- Não nos consola que outras equipes favoritas estejam tendo problemas para vencer. Todos podem vencer hoje, o futebol é definido por pequenos detalhes. Esperamos passar em primeiro, melhoraria nossa imagem, mas não tenho preferência por rivais nas oitavas. Temos que ser positivos, pois temos uma grande seleção. Esperem um pouco antes de cair de pau em cima de nós, por favor - disse o lateral-esquerdo. 

Apesar da retranca do Irã, a estratégia foi elogiado por Jordi Alba e também pelo técnico espanhol Fernando Hierro. O lateral-esquerdo afirmou que Portugal também pode ter dificuldades contra os iranianos no confronto decisivo do Grupo B - quem vencer está classificado para a próxima fase. 

- O Irã buscou sua partida, se fechou lá atrás, e nós lutamos para entrar em sua área. Não foi fácil criar situações. Marcamos o gol e controlamos a partida. Sabíamos como seria e nos saímos bem. Eles perderam mais tempo do que o habitual (fazendo cera), mas no futebol todo mundo joga com suas armas. Respeito todas as equipes, todas as abordagens, cada um joga como quer e sabe. O Irã vai colocar Portugal em dificuldades, eles são uma equipe compacta - afirmou.

Espanha e Portugal lideram o Grupo B com quatro pontos, seguidos do Irã, com três, e do Marrocos, já eliminado sem pontuar. Na última rodada do Grupo B, os lusos medem forças com o Irã, na segunda-feira, em Saransk, às 15h (de Brasília). No mesmo dia e horário, os espanhóis terão pela frente o Marrocos, em Kaliningrado.