Rafael Valesi
17/08/2016
06:05
Rio de Janeiro (RJ)

Em 2010, Thiago Braz, Isaquias Queiroz e Felipe Wu ainda eram adolescentes dando os primeiros passos no esporte mundial. Os três atletas fizeram parte da delegação brasileira na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Cingapura, e mostraram na Ásia que poderiam estar entre as promessas do país para o futuro. E este futuro chegou.

Todos eles faturaram medalhas nos Jogos Rio-2016, e desta forma colocaram-se como os líderes de uma nova geração vitoriosa nas modalidades olímpicas do país.

Há seis anos, os três atletas estiveram entre os destaques do Brasil na Olimpíada para atletas entre 14 e 18 anos. Wu faturou a prata no tiro esportivo, na prova da pistola a ar 10m. Thiago Braz ganhou uma medalha da mesma cor no salto com vara. Isaquias saiu de mãos vazias de Cingapura na canoagem, mas mostrou talento e força e virou uma das joias a ser lapidada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Desde então, Thiago, Isaquias e Wu só cresceram no esporte, com resultados importantes e títulos mundiais expressivos (leia mais abaixo). O auge chegou nos Jogos Rio-2016.

Na estreia deles em Olimpíadas para adultos, no Rio de Janeiro, todos subiram no pódio. Wu, aos 24 anos, repetiu exatamente seu resultado de Cingapura. Thiago Braz, de 22, subiu uma posição, e foi ouro no salto com vara. Isaquias, também com 22 anos atualmente, levou a prata ontem na prova do C1 1000m, e ainda irá em busca de outros dois pódios.

– Acredito que esta geração de 2010 está colhendo frutos hoje pois fomos identificados como talentos para que chegássemos em 2016 em boas condições, graças aos apoiadores que estão com a gente hoje – falou Thiago nesta terça-feira, em entrevista um dia depois de ser campeão olímpico.

Os feitos de Thiago Braz, Isaquias Queiroz e Felipe Wu antes da Rio-2016


Thiago Braz
Depois da prata em Cingapura no salto com vara, foi campeão mundial juvenil em Barcelona (ESP), em 2012. Entre os adultos, ainda não tinha um grande resultado.

Isaquias Queiroz
Já conquistou seis medalhas em Campeonatos Mundiais na canoagem de velocidade, sendo três de ouro. No Pan de Toronto-2015, faturou dois títulos.

Felipe Wu
Chegou à Rio-2016 como o líder no ranking mundial da pistola a ar 10m. Levou ouro na prova no Pan de Toronto-2015. Neste ano, venceu as etapas da Copa do Mundo em Baku (AZE) e Bangkok (THA).