Olimpíadas 2008 Pequim - prova dos 100mm. O homem mais rápido do mundo Usain Bolt comeora sua vitoria

 Usain Bolt conquistou três medalhas de ouro em Pequim-2008 (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

LANCE!
01/08/2016
08:05
São Paulo (SP)

O jamaicano Usain Bolt assombrou o mundo em Pequim-2008, na China. No Ninho de Pássaro, ele venceu os 100m e 200m rasos, batendo os recordes mundiais, além de ajudar o país caribenho a vencer o revezamento 4x100m. Foi o primeiro atleta da história a vencer as três provas na mesma edição. Bolt iniciou ali uma hegemonia espantosa, que atualmente o coloca como um dos maiores de todos os tempos.

O nadador americano Michael Phelps bateu um recorde improvável em Pequim. Ele venceu as oito provas que participou, superando a marca do compatriota Mark Spitz, nadador que faturou sete ouros nos Jogos de Munique-72. Nas oito provas, Phelps bateu o recorde mundial em sete.

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, aconteceu no dia 8/8/2008, precisamente às 20h08. E não foi coincidência. No país oriental, o “oito” é o número da sorte e representa prosperidade. Se não bastasse tudo isso, no horóscopo chinês, o dia 8 de agosto de 2008 era regido por três signos harmônicos: 2008 foi o ano do rato, agosto é o mês do macaco, enquanto o dia 8 é o do dragão.

O craque argentino Lionel Messi também tem seu ouro olímpico no futebol. Ele foi um dos protagonista na campanha dos hermanos, batendo o Brasil, na semifinal, e a Nigéria, na decisão. O craque do Barcelona, porém, passou em branco e não marcou gols nestes dois jogos.

No ciclismo, a corrida de estrada seguiu a Grande Muralha e passou em frente à “Cidade Proibida” – dois símbolos milenares de Pequim.

O governo chinês gastou mais de US$ 42 bilhões para realizar a Olimpíada de 2008. Foram usados 37 locais de competição, sendo que 12 deles foram construídos especificamente para os Jogos Olímpicos chineses, como o Estádio Olímpico chamado de Ninho do Pássaro.