Lin Dan

Lin Dan comemora o título no Rio (Foto: Pedro Martins/BWF)

RADAR/LANCE!
29/11/2015
19:16
Rio de Janeiro (RJ)

A China fez valer sua superioridade no mundo do badminton e conquistou as cinco medalhas de ouro em disputa no II Yonex Brasil Open, competição válida como evento-teste do badminton para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Neste domingo, no Riocentro, o bicampeão olímpico e pentacampeão mundial Lin Dan confirmou seu favoritismo e conquistou a vitória na simples masculina. Mas seus compatriotas Zheng Siwei e Chen Qingchen fizeram mais festa ao deixarem o torneio com duas medalhas de ouro cada. Os chineses ainda levaram para casa duas pratas e três bronzes.

Quarto colocado no ranking mundial, Lin Dan venceu na final o espanhol Pablo Abian (35º), por 2 sets a 0, parciais de 21-13 e 21-17.

- Vim aqui para me acostumar com a arena, numa espécie de treino. Quando eu subo no pódio, nunca penso no ano seguinte, nos Jogos Olímpicos. Se eu realmente vier ao Rio no próximo ano, aí sim pensarei na competição - disse o bicampeão olímpico. As medalhas de bronze foram para dois chineses: Zhu Siyuan (187º) e Guo Kai (113º).

Na disputa de simples feminina, o ouro ficou com Shen Yaying (75ª). Na decisão, a chinesa derrotou a compatriota Li Yun (136ª), por 2 sets a 1, parciais de 20-22, 21-17 e 24-22. Os bronzes ficaram com a tcheca Kristina Gavnholt (41ª) e a lituana Akvile Stapusaityte (122ª).


Nas duplas masculinas, outra final entre chineses. Huang Kaixiang e Zheng Siwei (98º) ficaram com o ouro após a vitória sobre Wang Yilv e Zhang Wen (24º), por 2 sets a 1, parciais de 22-24, 21-10 e 21-14. Em terceiro lugar terminaram os indianos Manu Attri e B. Sumeeth Reddy (20º) e os alemães Michael Fuchs e Johannes Schoettler (29º).

No feminino, as chinesas Chen Qingchen e Jia Yifan (63ª) não tiveram dificuldade para derrotar as holandesas Eefje Muskens e Selena Piek (7ª), por 2 sets a 0, parciais de 21-17 e 21-14. "Foi muito importante participar deste evento porque os Jogos Olímpicos serão aqui nesta instalação", afirmou Jia Yifan. Os bronzes ficaram com as americanas Eva Lee e Paula Lyn Obanana (23ª) e as alemãs Johanna Goliszewski e Carla Nelte (27ª).

Nas mistas, Zheng Siwei e Chen Qingchen (66º) fecharam o dia de sucesso dos chineses na competição com uma vitória sobre os russos Evgenij Dremin e Evgenia Dimova (35º), por 2 sets a 0, parciais de 21-12 e 21-10. Completaram o pódio os holandeses Jacco Arends e Selena Piek (12º) e os chineses Zhang Wen e Jia Yifan.