Zidane já treinou o Real Madrid nesta terça-feira (Gerard Julien / AFP)

Zidane já treinou o Real Madrid nesta terça-feira (Gerard Julien / AFP)

LANCE!
05/01/2016
12:07
Madri (ESP)

Zinedine Zidane foi apresentado nesta terça-feira como o novo treinador do Real Madrid. Ele chega do time B merengue para substituir Rafa Benítez, muito contestado pela imprensa espanhola e que não resistiu a mais um tropeço na temporada. Em sua primeira entrevista no cargo, o francês tratou de eliminar comparação com Pep Guardiola, que traçou o mesmo caminho, só que pelo rival Barcelona

- Não tem que me comparar ao Guardiola. O que vou é tentar fazer o melhor possível. O que ele vem fazendo é impressionante, porém não quero me comparar com ele.

Guardiola saiu do Barcelona B para treinar a equipe principal, onde conquistou duas Ligas dos Campeões,  dois Mundiais de Clubes, três Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei, três Supercopas da Espanha e duas Supercopas da Europa. Pep ficou de 2008 a 2012 no Barcelona.

O francês atuou no Real Madrid de 2001 a 2006, quando pendurou as chuteiras após o Mundial da Alemanha, vencido pela Itália. Ele foi por um ano auxiliar de Carlo Ancelotti - durante a conquista da Liga dos Campeões - e desde junho de 2014 é o técnico do Real Castilla.  Zidane sabe bem a atmosfera merengue e diz estar preparado para a assumir um dos maiores clubes do mundo.

- Começa uma nova etapa para mim e o importante é ganhar partidas. Se seria melhor começar meu trabalho num início de temporada? Claro. Porém isso não é a realidade, já se passaram seis meses. Mas tenho uma sensação boa. Nunca um técnico está totalmente preparado, ainda mais quando está estreando. Porém, estou motivado. E quando se joga no Real, o objetivo é sempre o mesmo: ganhar a Liga dos Campeões. Ganhar tudo é possível - comentou.

Zidane fez questão de elogiar Rafa Benítez, seu antecessor no Real Madrid. Ele admitiu que o trabalho do espanhol foi bom, mas revelou que vai implementar uma nova filosofia de jogo.

- O importante é incentivar os jogadores. Eles têm feito um bom trabalho. Haverá uma mudança de estilo, mas o trabalho do Rafa Benitez foi bom.  Pretendo sera ainda mais ofensivo, quero transmitir isso para os jogadores. Agora tenho que fazer algo mais com eles e isso ocorrerá dia após dia.

O ex-jogado do Real garantiu ainda que não tem um técnico no qual se espelha. No entanto, disse que aprendeu com muitos deles com quem conviveu.

- Não tenho modelo de treinador. Conheci Mourinho, Ancelotti e outros. Sempre pego algo de cada um, pois são treinadores experientes, que sempre ensinam algo importante. Agora eu tenho que fazer é ser um treinador como eu quero. O importante é fazer o que é conveniente para os jogadores da sua equipe. Não se pode fazer o mesmo de outro treinador - finalizou.