Brasil x El Salvador

Richarlison marcou duas vezes em sua estreia como titular na Seleção (Foto: Pedro Martins/MowaPress)

Fabio Chiorino e Rodrigo Borges
12/09/2018
08:32
São Paulo (SP)

É sempre desolador quando a Seleção Brasileira preenche uma data Fifa com amistosos que beiram a insignificância - quase sempre. Então, há pouco para se concluir depois das vitórias fáceis contra EUA e El Salvador. Mas, na noite de ontem, o camisa 9 mexeu neste marasmo. Em sua estreia como titular, Richarlison aproveitou a chance com perfeição: dois chutes, dois gols, um pênalti sofrido (e convertido por Neymar) e uma ótima movimentação, mesmo diante de um adversário tão frágil e atuando numa posição não exatamente igual à que ocupa há duas temporadas no futebol inglês. Na goleada por 5 a 0, Tite fez um malabarismo para testar as novidades que deixou de lado na vitória por 2 a 0 contra os norte-americanos e sob a pressão de não desgastar alguns atletas, cujas convocações causaram discórdia com os clubes brasileiros. Em outubro, a equipe volta a campo para amistosos na Arábia Saudita contra a seleção da casa e contra a Argentina. Não há dúvida de que Richarlison estará na próxima lista de convocados. O jogador de apenas 21 anos pode ser o novo sopro de um ataque que só girava em torno de Neymar e que obrigou Gabriel Jesus a marcar a lateral de campo durante toda a Copa do Mundo. A dança do pombo veio para ficar.

Quer ler mais opinião e informação todos os dias? O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida e saborosa como aquele cafezinho de todos os dias, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises e contextualização de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.