Tite - Coletiva 16/11/20

'Temos consciência que há a hora certa para fazer a coisa certa', diz treinador (Reprodução CBFTV)

LANCE!
05/06/2021
01:10
Porto Alegre (RS)

A entrevista coletiva de Tite após a vitória por 2 a 0 da Seleção Brasileira sobre o Equador não ficou restrita a questões das quatro linhas. Após o triunfo na partida no Beira-Rio, nesta sexta-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o treinador garantiu que está tranquilo mesmo em meio à turbulência que assola a CBF.

> Veja a tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo

- Estou fazendo meu trabalho normalmente, sempre faço. Estou em paz comigo mesmo - e, em seguida, mencionou uma frase do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama:

- Uma resposta extraordinária que guardo para mim, que o Obama deu na entrevista ao (Pedro) Bial. "Minhas adversidades são muito pequenas em relação a de uma série de pessoas, elas talvez enfrentem problemas de saúde, de alimentação, são muito maiores que os meus". Os meus problemas são fáceis. Pressões? Normais. Vamos trabalhar para isso - completou.

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Além disto, foi taxativo sobre a possibilidade de entregar o cargo de comandante da Seleção Brasileira.

- Coloquei anteriormente que iria me manifestar. Vocês têm condições de levantar hipóteses, só peço para terem cuidado. Eu vou me reportar sim, no momento que for importante. Não agora. Foi um jogo difícil, melhor ataque da competição. Conseguimos vencer o melhor ataque da  competição. Conseguimos ter 16 finalizações, com sete no gol. Primeiro tempo muito difícil - declarou.

O comandante, entretanto, deixou uma pista. Ele citou a entrevista dada por Casemiro, capitão da Seleção, logo após o fim da partida.

- Não estou fugindo da resposta. Casemiro foi muito feliz. É o meu pensamento. Temos consciência que há a hora certa para fazer a coisa certa - frisou.

Um dos fatores que vêm causando dores de cabeça é o fato de atletas não quererem disputar a Copa América devido à pandemia de Covid-19.

Tite ainda foi espirituoso sobre como tenta blindar os jogadores do problema extracampo. O técnico apontou para a frase que aparece no backdrop das entrevistas da Seleção e disse, sorridente.

- Joga bola! Joga bola!

O Brasil, líder das Eliminatórias com 15 pontos em cinco jogos, fica em Porto Alegre até segunda-feira, quando embarca para Assunção. No Paraguai, enfrentará o Paraguai na terça, no Defensores del Chaco.