Paraguai x Colômbia - futebol feminino - Pan 2019

Foto: Divulgação/Comitê Olímpico Paraguaio

Futebol Latino
28/07/2019
16:55
Lima (PER)

Dando sequência a disputa do Grupo A no futebol feminino pelos Jogos Pan-Americanos, no Estadio Universitario San Marcos, Paraguai e Colômbia bem que tentaram e criaram oportunidades de marcar. Entretanto, faltou competência ofensiva dos dois lados e o placar terminou como começou: sem gols. O placar de igualdade sem gols deixou as duas equipes empatadas na segunda posição do Grupo A onde, mais cedo, o México se colocou na liderança vencendo a Jamaica pelo placar de 2 a 0.

Analisando a primeira etapa de maneira geral, a equipe guaraní foi superior a Colômbia em diversos momentos principalmente pela característica de marcarem pressão por várias vezes, algo que dificultava a saída de bola das colombianas e forçavam erros constantes da zaga adversária. 

Além disso, as chegadas do Paraguai eram agudas com direito a uma cobrança de falta venenosa feita pela meia Jessica Martínez que precisou da intervenção da goleira Catalina Jaramillo espalmando para escanteio logo no início bem como um cruzamento vindo do lado direito executado pela lateral-direita Maria Martínez que beliscou a trave esquerda da meta adversária sendo afastada posteriormente pela zaga cafetera.

Mesmo assim, quem conseguiu balançar as redes pela primeira vez no jogo foi o selecionado colombiano em excelente bola recebida por Isabella Echeverri dentro da grande área com liberdade para bater na saída de Recalde. Entretanto, a arbitragem capitaneada pela brasileira Deborah Cecília Cruz marcou corretamente o impedimento da camisa 5.

No segundo tempo, o melhor futebol paraguaio seguiu se destacando no aspecto de mais volume de jogo do que as investidas da Colômbia além da bola parada também seguir sendo arma considerável. Foi dessa forma, aliás, que outra cobrança na intermediária ofensiva forçou a espalmada de Jaramillo em mais uma grande intervenção da arqueira colombiana.

Entretanto, isso não significa que a equipe cafetera também não tenha passado perto de abrir a conta.

Além de também carimbar a trave de Recalde, em outros lances o sistema ofensivo conseguia encontrar passes excelentes no comando de ataque, mas faltava decisões mais rápidas do ataque da equipe do técnico Nelson Abadía, principalmente por parte de Tatiana Ramirez, para concluir em gol.

Na próxima rodada, marcada para a próxima quarta-feira (31), o México duela com o Paraguai às 12 h (horário de Brasília) enquanto o selecionado jamaicano enfrenta as colombianas às 15 h.