Cayo Pereira*
12/08/2018
13:55
Londres (ING)

Os atuais campeões continuam impossíveis. Logo na primeira rodada, o Manchester City não deu chances e ao Arsenal, e venceu os Gunners por 2 a 0 em pleno Emirates Stadium. Sterling e Bernardo Silva anotaram os gols.

SHARK TEAM
Apelidado de time tubarão na última temporada por conta da facilidade em fazer os resultados frente aos adversários, a atuação do City na partida de hoje pareceu um terceiro turno do campeonato passado. O primeiro tempo do City foi praticamente perfeito.

Taticamente, não deu espaços ao setor de criação do time londrino e ofensivamente, foi rápido e preciso para dar o primeiro bote. Logo aos 15 minutos, Sterling colocou o City na frente com uma bela finalização em que passou com facilidade pelos marcadores. 

No decorrer da partida, os comandados de Guardiola pareciam não fazer força para manter o resultado favorável. E quando foi preciso dar o bote final, ele veio com Bernardo Silva, aos 20 do segundo tempo, colocando a bola no ângulo de Petr Cech que nada pode fazer para impedir o ataque do tubarão.

PARA O ARSENAL, MAIS DO MESMO...
Em sua estreia oficial na área técnica do Arsenal do Emirates Stadium, Unai Emery pareceu perdido em meio ao estilo de jogo proposto pelo seu adversário. Para os torcedores, parecia uma continuação da última temporada. Onde o Arsenal, contra os grandes clubes, não consegue render o que se espera de um time da grandeza que tem. 

No segundo tempo, Emery até que se mostrou disposto a mudar o panorama da partida, mexeu no time e tentou surpreender Guardiola no jogo tático, mas o desentrosamento natural de um início de trabalho, e a superioridade técnica e de confiança do Manchester City, minaram as chances dos Gunners na busca de reverter um resultado negativo.