Aaron Rodgers

Aaron Rodgers teve estreia de temporada para se esquecer na Flórida (Green Bay Packers / Reprodução / Twitter)

LANCE!
13/10/2021
11:51
Green Bay (EUA)

Os terríveis emails de Jon Gruden para o ex-executivo do Washington Football Team, Bruce Allen, com conteúdos racista, homofóbico e misógino, que culminaram no pedido de demissão do técnico do Las Vegas Raiders, seguem em pauta na NFL. Na terça (12), Gruden foi retirado do ‘Ring of Honor’ do Tampa Bay Buccaneers, franquia do qual foi campeão do Super Bowl. O ex-treinador também teve sua conduta avaliada por Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers e um dos principais astros da NFL.

Em entrevista ao Pat McAfee Show, na terça-feira, Rodgers afirmou que comentários como os feitos por Gruden não têm mais espaço na NFL.

- Sei que tem opiniões semelhantes a dele, mas sinto que eles são poucos e estão distantes entre eles. O jogador e o treinador atual tem mais empatia, é progressivo, avançado, amoroso e um tipo de pessoa conectada. Eu tenho orgulho do vestiário que temos (nos Packers). Nós temos que permitir que as pessoas cresçam e mudem, mas essas opiniões (como as de Gruden) não têm mais lugar no jogo.

Para Rodgers, a queda de Jon Gruden pode ser um aprendizado para aqueles que ainda seguem com a mentalidade atrasada na NFL.

- Tomara que possamos todos crescer e aprender com isso. Tomara que coloque as pessoas que têm opiniões semelhantes em alerta. Tipo, ‘Ei, é hora de crescer e evoluir, de mudar e me conectar – opinou Aaron Rodgers.