Flamengo volta a sofrer com fantasma de eliminações precoces na Libertadores: relembre outras decepções na competição

Flamengo foi eliminado nas oitavas de finais da Libertadores pela primeira vez desde 2020

quedas-precoces
Flamengo foi eliminado, mais uma vez, de forma precoce na Libertadores (Arte: LANCE)

Escrito por

Atual campeão da América, o Flamengo ficou pelo caminho na Libertadores 2023. Em uma noite apática em Assunção, o Rubro-Negro foi derrotado por 3 a 1, de virada, e está eliminado nas oitavas de finais da competição, algo que não acontecia desde 2020 quando, curiosamente, também entrou na competição para defender o título.

+ O QUE DEU ERRADO? Cinco pontos que explicam a queda precoce do Flamengo na Libertadores

Ao longo da história, o Flamengo foi eliminado nas oitavas de finais em outras quatro oportunidades. Relembre as últimas eliminações precoces do Rubro-Negro na Libertadores.

1982 - ELIMINADO NA SEGUNDA FASE
Na temporada em que defendeu seu primeiro título, o Flamengo caiu na 2ª fase da Libertadores ao ficar na segunda colocação do triangular do Grupo 1 contra Peñarol e River Plate.

1983 - ELIMINADO NA FASE DE GRUPOS
Em um grupo com Grêmio, Bolivar (BOL) e Blooming (BOL), o Flamengo ficou na segunda colocação, atrás somente do time gaúcho. De acordo com o regulamento da competição da época, apenas o líder da chave avançava para a segunda fase e, por isso, a equipe ficou pelo caminho.


1984 - ELIMINADO NA SEGUNDA FASE
Em um mata-mata frente ao Grêmio, o Flamengo perdeu por 5 a 1 no jogo de ida e venceu por 3 a 1 no jogo de volta. Como o regulamento previa um jogo desempate em caso de uma vitória para cada lado, a partida decisiva terminou em 0 a 0 e, como o time gaúcho tinha um saldo de gols positivo no confronto, ficou com a vaga.

+ Everton Ribeiro descreve eliminação do Flamengo na Libertadores como ‘vergonhosa’


1991 - ELIMINADO NAS QUARTAS DE FINAIS

Contra o Boca Juniors, o Flamengo chegou a vencer por 2 a 1 no Maracanã no jogo de ida, mas acabou cedendo a pressão de La Bombonera, perdeu por 3 a 0 e acabou ficando pelo caminho.


1993 - ELIMINADO NAS QUARTAS DE FINAIS

Duas temporadas após ficar pelo caminho nas quartas, o Flamengo repetiu o roteiro na edição de 1993. O Flamengo ficou no empate em 1 a 1 com o São Paulo no Maracanã, e perdeu o jogo de volta por 2 a 0 no Morumbi. Naquele ano, o Tricolor Paulista foi o campeão da competição.

2002 - ELIMINADO NA FASE DE GRUPOS
Em uma chave com Olimpia (PAR), Universidad Católica (CHI) e Once Caldas (COL), o Flamengo venceu apenas um dos seis jogos do grupo e ficou na última colocação com apenas quatro pontos.

+ ATUAÇÕES: Sistema defensivo, Matheus Cunha e Sampaoli recebem piores notas em eliminação do Flamengo na Libertadores

2007 - ELIMINADO NAS OITAVAS DE FINAIS
Após levar um sonoro 3 a 0 no jogo de ida frente ao Defensor, do Uruguai, o Flamengo tinha uma árdua missão a cumprir no Maracanã no jogo da volta. No Maracanã, o Rubro-Negro mostrou poder de reação e quase conseguiu o milagre ao vencer por 2 a 0. No entanto, ficou a um gol da classificação.


2008 - ELIMINADO NAS OITAVAS DE FINAIS

A eliminação mais marcante da lista. Depois de vencer por 4 a 2 na Cidade do México, o Flamengo recebeu o América no Maracanã podendo perder até por 2 a 0 para garantir a classificação. Com um atuação magistral de Salvador Cabañas, o time mexicano venceu por 3 a 0 e conseguiu reverter o resultado. Vexame em pleno Maracanã.

2008 - Flamengo x América do México
Flamengo foi eliminado pelo América do México em 2008, em pleno Maracanã (Foto: Julio Cesar Guimaraes/ Lancepress!)


2010 - ELIMINADO NAS QUARTAS DE FINAIS

Nem mesmo com Adriano e Vágner Love no ataque, o Flamengo conseguiu chegar longe na Libertadores. Dessa vez, o Rubro-Negro ficou pelo caminho ao ser eliminado pela Universidad do Chile. No Maracanã, o time carioca foi derrotado por 3 a 2 e tinha que vencer por dois gols de diferença em Santiago para conseguir a classificação. Na volta, o Fla venceu por 2 a 1, o que não foi suficiente para conquistar a vaga na semifinal da competição no critério de gols marcados fora de casa.

2012 - ELIMINADO NA FASE DE GRUPOS
No Grupo 3 da Libertadores, ao lado de Lanús (ARG), Emelec (EQU) e Olimpia (PAR), o Flamengo esteve muito perto da classificação para a fase de oitavas de finais na última rodada da fase de grupos. Após vencer o Lanús por 3 a 0, o Rubro-Negro teve que esperar o término do jogo entre Olimpia e Emelec para saber seu destino. E com requintes de crueldade, o Olimpia chegou a empatar o jogo em 2 a 2 nos acréscimos, mas na saída de bola, o Emelec marcou o gol que garantiu a classificação do time equatoriano, e a eliminação rubro-negra.

+ Gabigol critica arbitragem em eliminação do Flamengo na Libertadores: ‘Um roubo muito grande’

2014 - ELIMINADO NA FASE DE GRUPOS
Atual campeão da Copa do Brasil, o Flamengo chegou na Libertadores em um grupo com Bolívar (BOL), León (MEX) e Emelec (EQU). No jogo em que só precisava vencer o León, no Maracanã, na rodada final, para garantir a classificação, o Rubro-Negro sofreu mais um 'Maracanazo', e foi derrotado por 3 a 2, sendo eliminado na terceira colocação da chave ainda na fase de grupos.

2017 - ELIMINADO NA FASE DE GRUPOS
Talvez a mais improvável das eliminações recentes do Flamengo. Na última rodada da fase de grupos, apenas uma combinação de resultados eliminaria o Rubro-Negro. E foi justamente o que aconteceu. De virada, o Flamengo foi derrotado pelo San Lorenzo, na Argentina, por 2 a 1, e somente uma vitória do Athletico-PR frente a Universidad Católica, do Chile, tiraria o time carioca. E ao mesmo tempo que time argentino marcava o segundo gol, o time paranaense também balançou as redes no outro jogo, selando a eliminação do Flamengo, que ficou na terceira colocação do Grupo 4.

2018 - ELIMINADO NAS OITAVAS DE FINAIS

Diante do Cruzeiro, o Flamengo perdeu no Maracanã por 2 a 0, e precisava de uma vitória por três gols de diferença para garantir a classificação. No entanto, o triunfo por 1 a 0 no Mineirão não foi suficiente para conseguir a classificação para as quartas de finais.


2020 - ELIMINAÇÃO NAS OITAVAS DE FINAIS

Em um Maracanã vazio por conta da pandemia, o Flamengo recebeu o Racing, da Argentina, após um empate em 1 a 1 em Avellaneda. Atual campeão continental, o Rubro-Negro saiu atrás do placar e, somente nos acréscimos, conseguiu marcar o gol salvador para levar o jogo para a disputa de pênaltis. No entanto, na decisão por penalidades, o time argentino levou a melhor por 5 a 3.

Lance!

Lance!

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter