Olha a vibração de Artem Dzyuba no terceiro gol dos russos

O atacante Artem Dzyuba fala que Rússia buscará um pequeno milagre neste domingo (ALEXANDER NEMENOV/AFP)

LANCE!
29/06/2018
12:15
São Paulo (SP)

A partida entre Espanha e Rússia, às 11h (horário de Brasília) deste domingo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, será como uma luta de boxe. A comparação é feita pelo atacante Artem Dzyuba, da seleção anfitriã do Mundial, colocando os campeões mundiais de 2010 como favoritos.

- O jogo contra a Espanha será como uma luta de boxe entre um lutador jovem e atrevido e um mestre experiente - comentou o jogador, autor de dois gols na competição e ressaltando a qualidade do adversário neste mata-mata.

- Você só pode crescer enfrentando os melhores. Vamos enfrentar uma equipe de primeira linha, com jogadores de Real Madrid e Barcelona. Isso diz tudo. Mas precisamos jogar juntos. Essa é a chave para o sucesso - ensinou.

A Rússia se credenciou às oitavas de final como segundo colocada do Grupo A, mas com melhor campanha do que a Espanha, líder do Grupo B. Os donos da casa acumularam seis pontos, com duas vitórias e uma derrota, enquanto os espanhóis ficaram com cinco pontos, com um triunfo, dois empates e a passagem em primeiro lugar por ter feito mais gols do que Portugal.

Ainda assim, o discurso da Rússia é de total respeito pelos adversários da partida em Moscou. O atacante Artem Dzyuba chega a apontar a missão da equipe como uma busca por um milagre para se classificar às quartas de final da Copa do Mundo.

- Precisamos ter paciência, esperar pelos erros deles e aproveitar as nossas chances. Queremos trabalhar para fazer um pequeno milagre e deixar todo o país orgulhoso - declarou o jogador.