Mercado é a provável novidade na defesa para fazer a Argentina jogar no 3-4-3

Mercado é a provável novidade na defesa para fazer a Argentina jogar no 3-4-3 contra a Croácia (Divulgação)

LANCE!
18/06/2018
16:46
São Paulo (SP)

A Argentina se prepara para ter uma defesa forte e buscar, diante da Croácia, na quinta-feira, a sua primeira vitória na Copa do Mundo. Para isso, o técnico Jorge Sampaoli treinou nesta segunda-feira com o time no 3-4-3 e Mercado na vaga de Rojo, como zagueiro, mas também podendo jogar pelos lados, já que atua como lateral no Sevilla, da Espanha.

- O importante é jogar, de qualquer forma. Tenho de me adaptar à necessidade que o treinador tiver. Se for como zagueiro ou lateral, o que mais quero é poder jogar - comentou Mercado, em entrevista coletiva depois do treinamento, indicando a estratégia da equipe.

- A Croácia vai tentar nos atacar.As características deles são de uma equipe que tenta jogar, com bons e perigosos meio-campistas, com bom controle da bola e que tentam ser protagonistas. e também jogam com as linhas adiantadas. É sempre melhor para nós que tentem jogar e deixem mais espaço. É importantíssimo que nossa defesa seja sólida e, no momento em que eles se descuidarem na defesa, tentarmos fazer o gol. Será um jogo bem disputado.

Mercado é só uma das três novidades armadas por Sampaoli, além, claro, da alteração do esquema tático para o 3-4-3. Na escalação, o treinador trocou Biglia e Di María por Acuña e Pavón, animando quem deve ser confirmado na formação nos próximos dias.

- Não serei hipócrita de dizer que dá no mesmo ficar no banco e jogar, mas, gosto que, quando jogo, meus companheiros nos empurrem, como faço quando não jogo, para todos remarmos juntos para o mesmo lugar. Sofri como os que jogaram ou entraram durante o jogo. Logicamente, queria que a Argentina ganhasse - disse Mercado, lembrando do frustrante empate por 1 a 1 diante da Islândia, no sábado, na estreia da equipe na Copa do Mundo.

- Estamos nos preparando bem, focando aqui dentro. O clima é ótimo na concentração, estamos desfrutando a oportunidade que estamos tendo. E a partida contra a Croácia é crucial. Contra a Islândia, foi uma partida muito difícil, fomos amplamente superiores e nos faltou um pouco de sorte para converter o gol. Mas não podemos ficar olhando para trás e nos lamentando. Ninguém quer ganhar mais o jogo do que nós.

A Argentina divide a segunda colocação do Grupo D com a Islândia. A Croácia, que derrotou a Nigéria por 2 a 0, lidera a chave com três pontos. O time de Lionel Messi encara a Croácia às 15h (horário de Brasília), em Nizhny Novgorod, e encerra participação na primeira fase do Mundial diante da Nigéria, às 15h do dia 26, uma terça, em São Petersburgo.