Bárbara Mendonça*
16/07/2018
13:42
Rio de Janeiro (RJ)

Foram incríveis 30 dias de disputa, mas a Copa do Mundo de 2018 chegou ao fim. O torneio disputado na Rússia, que viu a França levantar a taça e juntar-se a Uruguai e Argentina no "clube" dos bicampeões, foi recheado de lances memoráveis, emoções dentro e fora das quatro linhas... e frases marcantes.

De Osorio criticando Neymar até Hazard se autointitulando o melhor jogador da competição, o que não faltou nessa Copa foram declarações, no mínimo, curiosas. O LANCE! reuniu algumas das melhores frases ditas durante o Mundial; confira abaixo e na fotogaleria acima.

Courtois critica estilo de jogo francês após eliminação da Bélgica...
O goleiro Cortouis deixou bem claro a todos que não aceitou muito bem a eliminação da Bélgica para a França, na semifinal. Após a partida, o arqueiro belga foi protagonista de uma polêmica ao não poupar as duras críticas ao estilo de jogo dos comandados de Didier Deschamps. Posteriormente, depois da repercussão, o jogador disse que tudo foi um "mal-entendido".

- Eu fiz algumas defesas, mas eles não tiveram grandes chances. Eles marcaram com um escanteio, é uma pena. Nós perdemos contra uma equipe que não é melhor que nós. Nós perdemos contra uma equipe que não jogou nada, que se defendeu. Contra o Uruguai, eles marcaram com uma falta e um erro do goleiro. É uma pena para o futebol que a Bélgica não tenha vencido - disparou Courtois após a eliminação.

...e Griezmann responde ao goleiro belga
A polêmica declaração de Courtois repercutiu, obviamente, entre os jogadores da França. Ácido na resposta, Griezmann usou de muito sarcasmo e comparou o estilo de jogo da França a outras equipes por onde o goleiro já passou.

- Não, deixe disso. Cortouis jogou no Atlético de Madrid, foi campeão espanhol, deixe disso. No Chelsea ele acha que joga o jogo do Barcelona? Não. Nós não nos importamos com a forma como ganhamos. Nós ganhamos (risos) - declarou.

Hazard 'dá' prêmio de melhor da Copa a si mesmo
Eden Hazard, decisivo na campanha da Bélgica, mostrou a todos uma pitada de bom humor (e amor próprio!). Após a conquista do terceiro lugar, o camisa 10 da Bélgica foi perguntado sobre quem deveria ser o jogador a levar o prêmio de melhor da Copa (hoje sabemos que foi o croata Modric). A resposta não poderia ser mais sincera: para o jogador, o melhor do Mundial era ele mesmo.

- Eu daria (o prêmio) para mim (risos), mas não sou eu quem decide. Penso que darão para alguém que vai jogar a final. É normal - brincou o camisa 10.

Edu Gaspar sai em defesa de Neymar

O coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, convocou uma coletiva no dia seguinte à eliminação do Brasil para a Bélgica no Mundial. Durante a entrevista, falou sobre o desempenho da Canarinho durante o torneio - mas o que mais chamou a atenção foi sua defesa a Neymar, duramente criticado por suas atuações.

- A partir do momento em que passei a conviver mais com o Neymar, vi que não é fácil ser ele. (...) Chega a dar pena, porque o que esse menino sofre não é brincadeira - disse Edu.

Southgate se orgulha de 'aventura fantástica' da Inglaterra
Foram 28 anos entre as duas últimas semifinais de Copa para a Inglaterra. Antes de 2018, a última vez dos Three Lions entre as quatro melhores seleções fora em 1990. Após ser eliminado pela Croácia, o treinador Gareth Southgate preferiu destacar a 'aventura' que foi a trajetória inglesa no Mundial da Rússia.

- Estou muito orgulhoso do que os jogadores fizeram. Hoje foi muito difícil, contra um dos melhores times do mundo. Não temos ilusão sobre o que realmente somos. Terminamos em quarto lugar na Copa do Mundo, mas não somos a quarta melhor seleção do mundo. Foi uma aventura fantástica - disse.

Osorio alfineta Neymar e cita 'vergonha para o futebol'
Juan Carlos Osorio saiu atirando passada a eliminação do México para o Brasil, nas oitavas de final. Seu principal alvo? Neymar. O treinador do México não chegou a citar o nome do brasileiro, mas ficou claro de quem ele estava falando.

- É uma vergonha para o futebol que se perca tanto tempo com um jogador. Isto deve ser um jogo de homens e não com tanta palhaçada - afirmou Osorio, visivelmente irritado

Tite blinda Neymar após críticas de Osorio
É óbvio que todos queriam ouvir a opinião de Neymar após ser tão duramente criticado - mesmo que implicitamente - por Juan Carlos Osorio. Entretanto, Tite interrompeu uma pergunta feita ao jogador na coletiva e deixou claro que o camisa 10 não falaria sobre a polêmica.

- As hierarquias se mantêm, técnico fala com técnico, atleta com atleta, direção com direção. Eu respondo depois essa pergunta. (...)Não vou responder ao Osorio, eu vi o lance. Neymar joga bola. Não pisa, e pisaram nele - declarou o treinador da Canarinho.

Obi Mikel entra em campo após descobrir sequestro do pai na Nigéria
A partida entre Argentina e Nigéria, na última rodada da primeira fase, foi recheada de emoções dentro de campo, mas um jogador também lidava com um drama familiar do lado de fora: John Obi Mikel. O capitão nigeriano teve o pai sequestrado e foi avisado horas antes do jogo, mas não revelou o fato a  seus companheiros.

- Eu joguei enquanto meu pai estava nas mãos de bandidos. Tive que superar esse trauma. Recebi uma ligação quatro horas antes do jogo me dizendo o que havia acontecido (...) Eu não sabia o que fazer, mas, no fim, sabia que não poderia decepcionar 180 milhões de nigerianos. Tive que tirar isso da minha cabeça e representar meu país

Baloy e o histórico gol do Panamá na Copa
Estreante em Mundiais, o Panamá comoveu a todos com a alegria de seu povo por estar em uma Copa. O maior exemplo disso talvez seja a comemoração do primeiro gol panamenho no torneio (mesmo com a vitória da Inglaterra por 6 a 1). O gol foi marcado por Baloy, que comentou o peso de seu tento histórico após a partida e atribuiu a conquista ao trabalho coletivo da equipe.

- É um gol bonito, que vai entrar para a história. Mas é um trabalho de grupo. Se não fosse por meus companheiros, não conseguiria marcar este gol. Temos que trabalhar agora, temos mais uma partida e vamos tratar de terminar de forma digna com uma boa apresentação.

Desolado, Hummels lamenta precoce eliminação da Alemanha
2018 teve uma das Copas mais imprevisíveis de todos os tempos - marcando, inclusive, a primeira eliminação da Alemanha na fase de grupos na história. Hummels foi um dos jogadores que mais declarou sua tristeza. Em suas redes sociais, o zagueiro alemão publicou um desabafo.

- Esse gol no fim do jogo desequilibrou. É uma noite muito amarga para nós. É muito difícil colocar isso em palavras. Nós tentamos até o final, acreditávamos até o final, mesmo tomando um gol, nós tentamos virar o jogo, mas não conseguimos - declarou Hummels.

Tite e sua matilha... ou alcateia?
O assunto era a lesão de Douglas Costa às vésperas da partida contra a Sérvia, pela última rodada da fase de grupos. Tite estava concedendo uma entrevista coletiva e tudo corria nos conformes, até que surgiram as palavras 'matilha', 'lobo' e 'alcateia'. É seguro dizer que ninguém entendeu 100% a frase do comandante.

- A matilha precisa do lobo, e o lobo precisa da matilha. O conjunto de lobos não é matilha, é alcateia. Eu só me flagrei na terceira vez. Precisamos dos atletas nas suas melhores condições, e ele foi extremamente importante - disse Tite.

Mãe de Rojo não acredita em gol do filho marcado de perna direita
Marcos Rojo foi um dos herois argentinos na Copa ao marcar o segundo gol sobre a Nigéria, que sacramentou a vitória e a classificação hermana às oitavas - mas quando sua mãe viu o gol, ela não acreditou que tinha sido seu filho a balançar as redes. isso tudo é porque o tento foi assinalado de perna direita que, segundo a matriarca, é uma perna que Rojo usa apenas 'para se apoiar'.

- Quando nos demos conta de que era o Marcos, houve um alvoroço. É por que o chute foi de direita, e ele só usa a direita para se apoiar, não achamos que fosse o Marcos - declarou a mãe do camisa 16 da Argentina.

Peter Schmeichel é outro que detona postura de Neymar em campo
O lendário goleiro Peter Schmeichel - que é pai de Kasper Schtmeichel, titular da meta da Dinamarca no Mundial da Rússia - foi mais um dos críticos de Neymar após a classificação brasileira sobre o México. O dinamarquês chamou a atenção para a postura do camisa 10 brasileiro, citando especificamente as constantes quedas do jogador.

- É muito irritante de assistir. A maneira com que ele tenta forçar cartões nos adversários. Parecia que ele estava morrendo. Pensei que ele seria colocado numa maca, então numa ambulância, e nunca mais o veríamos de novo

Mbappé se mantém humilde ao ser comparado com Pelé
Além do título mundial com a França, Kylian Mbappé deixou a Rússia com dois recordes pessoais na mala: o jovem francês foi o jogador mais jovem desde Pelé a marcar duas vezes num mata-mata de Copa do Mundo e apenas o segundo adolescente a marcar gol em final (juntando-se, novamente, ao brasileiro). Após o primeiro recorde, o jogador de 19 anos se mostrou feliz e reverenciou o Rei, dizendo que Pelé está em 'outra categoria'.

- É uma honra ser o segundo jogador depois de Pelé, mas vamos colocar em contexto: Pelé é de outra categoria. Mas é bom entrar nesta esfera de jogadores que marcam em jogos de mata-mata - disse o humilde Mbappé.

O 'milagre' da Croácia de Dalic
A Copa de 2018 entrou para a história do futebol da Croácia já que, pela primeira vez, o país europeu chegou a uma decisão no torneio. Após passar pela Inglaterra e garantir a vaga na final, o treinador Zlatko Dalic mostrou-se feliz ao reforçar o 'milagre' da classificação, levando em conta principalmente a infraestrutura do futebol à disposição da equipe vice-campeã em 2018. 

- Somos o menor país, junto com o Uruguai, a atingir uma final de Copa do Mundo. Quando consideramos isso e olhamos as condições de infraestrutura que temos em casa, digo que somos um milagre - ressaltou o treinador.

*Sob supervisão do editor Leonardo Martins