André Moritz

(Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)

Futebol Latino
08/04/2019
11:38
Florianópolis (SC)

Depois de poupar boa parte de seus titulares no Catarinense no triunfo pela última rodada da primeira fase contra a Chapecoense, o Avaí pode efetivamente se concentrar no duelo frente ao Vasco na quarta-feira (10) pela terceira fase da Copa do Brasil na Ressacada às 21h30 (horário de Brasília).
 
Na visão do meia André Moritz, a equipe dirigida pelo técnico Geninho precisa ser dominante pelo fato de estar jogando em casa e, controlando o confronto, conseguir o resultado que lhe interessa para seguir ainda na competição.

- Vamos enfrentar uma grande equipe, de alto nível, mas estaremos em casa, diante da nossa torcida e precisamos impor nosso ritmo de jogo. Temos que buscar o resultado para classificarmos. É importante ter equilíbrio durante os noventa minutos para sairmos com essa vaga na etapa seguinte da Copa do Brasil - afirmou o jogador de 32 anos de idade.

Moritz também pontuou que vê a necessidade da equipe pensar em voos maiores na Copa do Brasil, mas preferiu não falar em título. Para ele, o mais importante é ter 'máxima intensidade':

- A Copa do Brasil é uma competição muito complicado, uma das mais difíceis do país, sem nenhuma dúvida. É importante ter intensidade máxima nela para chegar o mais distante possível. Vamos lutar muito por isso.

Como o primeiro jogo foi 3 a 2 em São Januário a favor do time carioca, os  visitantes avançam com qualquer empate enquanto qualquer vitória avaiana  por um gol de vantagem leva a decisão para as penalidades. O classificado dessa eliminatória ainda não sabe qual será o oponente já que o mesmo será definido via sorteio.