Amir Somoggi
19/08/2016
15:32
São Paulo (SP)

O velocista jamaicano Usain Bolt, o homem mais veloz da história, veio à Rio-2016 e encantou ainda mais a todos. O tricampeão dos 100m e 200m já marcou seu nome como um dos maiores atletas do esporte mundial de todos os tempos.

Todo esse sucesso, somado a muito carisma e simpatia o colocou também como o atleta olímpico mais rico da história. Segundo o site Money Nation dos EUA, Bolt já faturou em toda a sua carreira incríveis US$ 111,3 milhões (R$ 358,6 milhões), sendo cerca de 98% diretamente de marcas patrocinadoras, graças aos seus contratos de endorsements (patrocínios pessoais).

Atualmente os ganhos anuais do jamaicano já superam US$ 18 milhões (R$ 58 milhões). Somente a Puma, que o patrocina desde o início da carreira paga US$ 10 milhões (R$ 32,2 mi) a cada ano para poder associar sua marca ao velocista.

Chama a atenção o grande salto nos ganhos de Bolt de 2010 para 2011 quando passou de um faturamento anual de US$ 2,2 milhões para US$ 15,2 milhões, aumento de 591% em um ano.

Em 2010, a Puma pagava US$ 1,5 milhão por ano ao jamaicano, valor que em 2011 saltou para US$ 9 milhões. Os outros patrocínios no mesmo período saltaram de US$ 500 mil para US$ 6 milhões.

Um aspecto interessante é notar que por conta da baixa carga tributária na Jamaica, na comparação com outros países, como Estados Unidos, fez com que Bolt ficasse com uma parte representativa do seu faturamento bruto.

Os ganhos líquidos descontados os impostos em toda a sua carreira foram de US$ 83 milhões (R$ 267,4 milhões). A carga tributária máxima em seu país é de 25%, contra mais de 45% dos EUA. Se morasse nos EUA teria pago quase US$ 30 milhões (R$ 96,6 milhões) a mais em impostos.

Bolt é um fenômeno também fora das pistas e se beneficiou financeiramente de manter residência em sua terra natal.

Evolução do faturamento bruto de Usain Bolt (em dólares)

2002 - 275.000
2003 - 275.000
2004 - 275.000
2005 - 1.025.000
2006 - 1.050.000
2007 - 1.050.000
2008 - 2.170.000
2009 - 2.170.000
2010 - 2.230.000
2011 - 15.230.000
2012 - 15.260.000
2013 - 15.260.000
2014 - 18.360.000
2015 - 18.360.000
2016 - 18.360.000
Total - 111.350.000