Parque Olímpico terá espaço para shows e eventos para o público e telões com transmissão dos Jogos

Parque Olímpico deverá ter o acesso liberado para os torcedores sem ingressos durante a Paralimpíada (Fábio Suzuki)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
19/08/2016
13:06
RIO DE JANEIRO (RJ)

A Rio-2016 estuda a possibilidade de liberar a entrada dos torcedores mo Parque Olímpico durante a Paralimpíada. A avaliação começou a ser feita na quinta-feira à noite, quando o comitê passou a reavaliar a estratégia usada nos Jogos Olímpicos,  de autorizar a entrada no parque apenas para quem já tinha o ingresso para jogos nas Arenas.

- O relacionamento da população com os Jogos mudou sensivelmente. O público está encantado de vir ao Parque Olímpico da Barra.  A gente discute a perspectiva de abrir o parque para que as pessoas venham visitar e se quiserem ver a competição, comprar o ingresso - disse Mario Andrada, diretor de comunicação da Rio-2016. 

O que pega para que o martelo seja batido é a questão operacional na área da segurança.

- A operação Paralímpica é mais fácil de cuidar, pois tem público menor. Isso tem de rever a situação da segurança e da bilheteria.   Se liberar a entrada do parque a segurança tem de fazer uma adaptação.  Se falar com a segurança, ela diz que não dá, como será feita a questão da inspeção por Raio-X. O pessoal da bilheteria fala que pode abrir, mas que será muito complicado, o pessoal de engajamento já pensa que tem de abrir  porque vai ser legal demais o Parque cheio. Então o jeito é discutir - disse Andrada.