LANCE!
07/07/2016
14:10
São Paulo (SP)

A curta passagem de Jonathan Calleri pelo São Paulo deve ser ainda mais abreviada. Além do Tricolor estar perto de ser eliminado na semifinal da Copa Libertadores da América, após perder por 2 a 0 para o Atlético Nacional (COL) no Morumbi, o atacante de 22 anos foi convocado para defender a Argentina nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Na primeira lista divulgada pela Associação de Futebol Argentino (AFA), horas antes do revés são-paulino na última quarta-feira, Jony não estava presente entre os 18 convocados. Nesta quinta, porém, Luciano Vietto precisou ser cortado após veto da diretoria do Atlético de Madrid (ESP). O técnico Julio Olarticoechea, então, chamou o artilheiro tricolor no ano, com 15 gols.

- Calleri é o substituto de Vietto. Me disse que morre para jogar nesta seleção. É uma pena que os clubes não cedam os jogadores. Se tivermos que ir com menos jogadores, iremos - afirmou o treinador, que também pode precisar cortar o zagueiro Victor Cuesta, do Independiente (ARG).

Inicialmente, o contrato de Calleri com o São Paulo terminaria em 30 de junho. Havia uma cláusula, entretanto, que estenderia o vínculo automaticamente caso o Tricolor chegasse à semifinal da Libertadores. A renovação foi feita, mas Jony sempre deixou claro que tinha como sonho disputar a Olimpíada, mesmo que isso o tirasse de uma eventual final com o clube paulista.

A apresentação dos argentinos para os Jogos do Rio está programa para a próxima semana, logo após a partida de volta da semifinal da Libertadores. Se o São Paulo não conseguir reverter a situação diante do Atlético Nacional, Calleri pode ter somente um jogo a disputar pela equipe de Edgardo Bauza. A Argentina estreia no Brasil em 4 de agosto, contra Portugal, no Engenhão.