maria lenk, agua verde

(foto:AFP)

RADAR/LANCE!
12/08/2016
12:15
Rio de Janeiro (RJ)

Após dias de água verde, a administração do Parque Aquático Maria Lenk decidiu fechar, na manhã desta sexta (12), as piscinas que abrigam as competições de saltos ornamentais e pólo aquático dos Jogos Olímpicos. O objetivo é finalizar o tratamento da água, de modo a deixá-la novamente azul para as competições da tarde. Segundo a organização dos jogos, a Federação Internacional de Natação (Fina) foi comunicada e está de acordo com a decisão.

- Confirmamos que a piscina do Centro Aquático Maria Lenk foi fechada esta manhã. Fina está sabendo da decisão e apoia. A razão para isso é que a água deve ficar sem movimentação para que a piscina volte à cor azul o mais rápido possível. Os atletas estão fazendo outros treinos em outros locais do Maria Lenk esta manhã. Os treinos na piscina voltarão ao normal às 13h e as competições, às 15h30 - informa comunicado da administração do parque aquático.

A cor esverdeada da água das piscinas do Maria Lenk vem chamando atenção desde a última terça-feira (9). No mesmo dia, testes chegaram a ser feitos para mensurar a qualidade da água e não foi constatado nenhum risco à saúde dos atletas. Na quarta, novas avaliações apontaram que uma proliferação de microalgas era a responsável pela mudança de cor nas raias de competição. Apesar da cor incomum, a maioria dos competidores não se incomodou ou preferiu minimizar a questão. A expectativa, no entanto, é que, após a conclusão do tratamento, a água esteja novamente azul clara, como se apresentou no primeiro dia de disputas.