Coritiba, Esporte Interativo

Coritiba fechou com a emissora do grupo Turner no início de fevereiro. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
23/03/2016
07:40
Curitiba (PR)

Na noite de terça-feira, o Coritiba e o Esporte Interativo, através de suas redes sociais, anunciaram o acordo entre as partes de forma oficial. O clube paranaense vendeu os direitos de transmissão para a televisão fechada entre 2019-2024.

A assinatura do contrato, entretanto, já havia acontecido há mais de um mês, conforme noticiado pelo L! no início de fevereiro. Na ocasião, além do Verdão, o Atlético-PR também bateu o martelo com a emissora - que divulgou o acerto com o Furacão antes, no início de março, após aprovação no Conselho Deliberativo do time atleticano.

Vice-presidente do Coxa, Alceni Guerra comandou a operação pelo lado coxa-branca desde o ano passado e convenceu a cúpula a aceitar a proposta da emissora americana. O Coritiba receberá 10 vezes mais em relação ao contrato vigente com a Globosat, mas pode negociar a venda da tevê aberta ou PPV com a atual parceira nesse período de seis anos. 

- Fomos o primeiro clube a assinar, ao lado do Atlético-PR, porque achamos que a proposta era muito vantajosa, irrecusável - comentou o dirigente ao jornal Gazeta do Povo.

Seguindo o modelo da inglesa Premier League, o Esporte Interativo terá a seguinte divisão: 50% de forma igualitária, 25% pelo desempenho técnico e 25% a partir da audiência. O Coxa também receberá R$ 40 milhões em luvas pela assinatura do contrato. 

- O jogo nem começou e já marcamos um golaço! Tabelinha entre Coritiba e Esporte Interativo define parceria para transmissão de jogos do Coxa em TV fechada para o período 2019-2024 - publicou o Coritiba em suas contas nas redes sociais oficiais.

O valor total inicial para 20 clubes era de R$ 550 milhões, mas cairá proporcionalmente por outros clubes já terem assinado com a Globo. Até o momento, além do Coritiba, outros setes clubes assinaram oficialmente com a emissora do grupo Turner: Atlético-PR, Bahia, Santos, Ceará, Joinville, Sampaio Corrêa e Paysandu.