Rogério Bacellar

Rogério Bacellar cumpriu a promessa de campanha, feita em 2014. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
14/03/2016
21:51
Curitiba (PR)

O atual cenário político brasileiro está refletindo, além da sociedade, em um clube brasileiro. No início desta semana, o Coritiba lançou uma ferramenta para melhorar a gestão e evitar a corrupção internamente. E o sucesso da operação Lava-Jato está presente.

O "Programa de Conduta Coxa-Branca", destinado aos funcionários e gestores da instituição, foi lançado na manhã de segunda-feira, na churrascaria Alto da Glória, restaurante anexo ao Estádio Couto Pereira. O evento contou com a presença de colaboradores, dirigentes, conselheiros e imprensa.

Mas um nome na relação chamou a atenção do demais. A palestra inaugural foi realizada pelo Procurador da República e coordenador da Lava jato, Dr. Deltan Dallagnol. Referência no momento, o especialista ajudou no ideal de combater a corrupção dentro um clube de futebol brasileiro, visando o fortalecimento de medidas éticas e morais.

- É dia de louvar a atitude. De modo pioneiro um clube assume regras que demonstram que quer ficar longe da corrupção e dos desvios de conduta. Todos nós, torcedores, dirigentes, jogadores ou sócios do clube temos que assumir um compromisso contra a corrupção. É um exemplo para o país - ressaltou Dallagnol. 

Idealizado pelo departamento jurídico coxa-branca, em conjunto com a Ernst&Young, empresa de auditoria e consultoria empresarial e também responsável pela análise dos processos de gestão do clube, o programa é um avanço nos bastidores. E é uma das promessas de campanha do final de 2014. As partes começaram a conversar sobre o projeto há quase um ano e a iniciativa ainda será incorporada ao dia a dia do Coxa.

- O compliance é um primeiro passo para que o Coritiba seja um clube reestruturado, que sabe como gerir a parte administrativa, financeira e a do futebol. Nós queremos trabalhar em um alicerce sólido para que o Coritiba possa viver mais 300 anos conquistando títulos e sendo grande como sempre foi - comentou Rogério Bacellar, presidente do Verdão.

O termo compliance tem origem no verbo em inglês to comply, que significa agir de acordo com uma regra ou orientação. Ou seja, esta é uma prática para que os colaboradores ajam de acordo com um padrão de conduta pré-estabelecido pelo Coritiba, contribuindo com a preservação da integridade, do patrimônio e da sua história.

Entre os presentes, estavam o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Rogério Haman, os vice-presidentes do Coritiba, Gilberto Griebeler, Luis Lima e Alceni Guerra, o presidente do Conselho Fiscal, Paulo Roberto Baggio, o presidente do Conselho Deliberativo, Samir Namur, e o diretor jurídico do Clube, Gustavo Nadalin, e Guilherme Meister, da área de investigação e fraudes e compliance contra a corrupção do Ernst&Young.

Confira o editorial do Compliance: 

Rogério Bacellar, Deltan Dallagnol
Procurador Dallagnol ganhou uma camisa do Coritiba com a hashtag #EUEXIJO, do mandatário coxa-branca. (Divulgação/Coritiba)

"Se o futebol brasileiro é reflexo de nossa sociedade e representa o jeito de ser de nosso povo, o Programa de Conduta do Coritiba é a demonstração que vivenciamos uma nova etapa em nossa história.

Em uma iniciativa pioneira no meio esportivo, o Coritiba edita seu Código de Conduta e, por meio das regras ali estabelecidas, reforça não apenas perante seus colaboradores, mas principalmente perante sua torcida, outros Clubes, o mercado e a sociedade, seu posicionamento ético.

Aliás, o respeito que o Coritiba tem por todos que nele trabalham e por sua torcida lhe motiva ainda mais a avançar com esta iniciativa e assim contribuir para a preservação da Instituição e de sua história.

Através do Programa de Conduta do Coritiba, poderá se compreender os cuidados que o Clube deve ter com o seu patrimônio, as diretrizes para relacionamento de forma segura com diferentes públicos e as orientações adequadas para que se possa conduzir ações e tomar decisões alinhadas aos seus objetivos.

Ainda, nele estão representados o cuidado e a atenção que se deve ter com as pessoas, especialmente com todos aqueles que escolheram o Coritiba FC para iniciar e desenvolver suas carreiras.

Deseja-se, por meio deste projeto, definir regras claras e objetivas para aqueles que trabalham e/ou colaboram com o Coritiba e convidá-los a abraçar a responsabilidade de fazê-las valer e serem respeitadas por todos.

www.condutacoxabranca.com.br"