Corinthians x Atlético-MG

Tite comendou seu primeiro jogo pelo Timão em 2016 (Foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians)

Marcio Monteiro
18/01/2016
07:20
São Paulo (SP)

Começou oficialmente neste domingo o ano de 2016 para o Corinthians. E Tite, se não ganhar reforços para seu elenco, vai ter muito trabalho para manter o alto nível mantido em 2015. O Timão caiu para o Atlético-MG por 1 a 0 pela Florida Cup, mas em certos momentos, especialmente no primeiro tempo, conseguiu fazer um jogo parelho com o Galo.

Mas as perdas de Jadson, Renato Augusto e Vagner Love foram bastante sentidas pela equipe. Rodriguinho, Danilo e Romero não conseguiram dar a mesma mobilidade e criatividade ao atual campeão nacional. O bom time do Galo, que manteve sua base, foi melhor durante a maior parte do tempo e conquistou com méritos o torneio amistoso nos Estados Unidos. Os mineiros já haviam batido o Schalke 04 (ALE) por 3 a 0 na estreia.

Foi só o primeiro jogo do Timão. Não há motivo para desespero, mas também é um sinal de alerta. O time ainda está se entrosando, e algumas peças do time titular ainda podem ser mudadas. Tite trocou todos os jogadores de linha na segunda etapa.


Nomes como Marlone e Lucca, o talismã corintiano de 2015, podem pintar entre os titulares futuramente e, quem sabe, despontar para um novo Corinthians em 2016. Mas ficou claro que a equipe precisa se reforçar, e muito.

Foram quatro titulares perdidos, sendo que três compunham o motor do time, Ralf, Renato Augusto e Jadson. Tite se mostrou chateado com as saídas, o que não poderia ser diferente, e com certeza aguarda reforços para a temporada.

O Fluminense também fez seu primeiro jogo do ano e teve até Ronaldinho Gaúcho em campo. Mas não teve seu principal nome, Fred, poupado por dores musculares. E quem salvou o Tricolor carioca da derrota para o ucraniano Shakhtar Donetsk em Orlando foi outro veterano sempre importante ao time, Magno Alves, que fez o gol que garantiu o empate em 1 a 1.