Ivovic tenta passar pelo block brasileiro

Ivovic tenta passar pelo block brasileiro (FIVB Divulgação)

Web Vôlei
05/06/2021
12:45
Rio de Janeiro

O Brasil derrotou a Sérvia por 3 sets a 1 - parciais de 23-25, 25-23, 25-15, 25-22 -, neste sábado, em Rimini, na Itália, pela sexta rodada da fase classificatória da Liga das Nações masculina de vôlei e se manteve no G4 da competição. A Seleção descansa nos próximos três dias e só volta a jogar quarta-feira contra a Holanda, às 16h (de Brasília), pela sétima rodada.

A torcida pediu e o técnico Carlos Schwanke atendeu: em ótima fase, Douglas Souza foi mantido no time titular - já tinha começado jogando contra o Japão, na véspera - e não decepcionou. Foi o maior pontuador do Brasil e do jogo, com 22 pontos, seguido por Alan, com 19 e Lucarelli, com 18. Douglas tinha feito dupla de ataque com Leal contra os japoneses e, contra os sérvios, jogou ao lado de Lucarelli. 

Pela Sérvia, Ivovic pontuou 14 vezes e Atanasijevic, 12. Foi a melhor atuação do Brasil no bloqueio na Liga das Nações até agora. Não só pelos 14 pontos marcados, mas pela boa leitura do jogo, amortecendo as bolas do rival. A recepção também passou no teste, contra o poderoso saque europeu. Outro fundamento do Brasil que segue bem na temporada é o saque. Embora o número de erros ainda esteja alto, quando entra, vai forte. 

O restante da equipe titular do Brasil neste sábado foi: Bruninho, Flávio, Maurício Souza e Thales (líbero). Thales e Maique seguiram se revezando no fundo. O líbero do Fiat Minas entrava para defender e o do Taubaté para passar. Flávio deixou a quadra no segundo set para a entrada de Isac, que teve novamente boa atuação, cada vez mais se firmando como o terceiro central do Brasil em Tóquio - considerando que Maurício Souza e Lucão como titulares na posição. Maurício Souza,  no entanto, está voltando aos poucos de uma lesão na panturrilha e voltou para o banco no quarto set, com Flávio retornando ao time. 

Neste domingo, é a vez da Seleção Feminina voltar à quadra, para enfrentar a Sérvia - que não enviou, para Rimini, sua principal jogadora, a oposta Boskovic -, às 11h (de Brasília), com SporTV, na abertura da terceira semana da fase classificatória.