Jessé Mendes (SP)

Jessé Mendes está classificado para a próxima fase. (Pierre Tostee / WSL via Getty Images)

Caio Fiusa
25/08/2019
18:10
Teahupoo (TAI)

Neste domingo, os surfistas voltaram ao mar para seguir a disputa da sétima etapa do Circuito Mundial de Surfe (WCT), disputada em Teahupoo, no Taiti. Apenas as quatro baterias da repescagem, o round 2, foram realizadas, com quatro brasileiros envolvidos. Caio Ibelli, Peterson Crisanto e Jessé Mendes estão classificados para a próxima fase. Michael Rodrigues está eliminado.

Na segunda bateria do dia, o mar não apresentou grandes ondas, mas o paulista Caio Ibelli conseguiu o somatório de 8,74 e avançou junto com o líder Ryan Callinan, da Austrália, que fez 12,50. O havaiano Tyler Newton se despediu do evento. 

A melhor bateria do dia foi a terceira com Peterson Crisanto, o português Frederico Morais e o francês Michel Bourez. Bastante disputada, a decisão saiu apenas nos minutos finais. O surfista paranaense passou muito tempo aguardando uma boa onda. E ela veio e proporcionou ao brasileiro 8,17, a segunda melhor nota do dia, com 11,50 no somatório. 

Bem próximo ao brasileiro, o francês Michel Bourez marcou 11,33. O português Frederico Morais esteve bem ativo durante os 30 minutos de prova, mas não conseguiu um somatório que pudesse classificá-lo para a fase seguinte e se despediu da competição com 10,17.

Na última bateria do dia, o norte-americano Conner Coffin enfrentou os brasileiros Jessé Mendes e Michael Rodrigues. O atleta dos Estados Unidos foi soberano e não deu chances para os rivais ameaçarem a sua classificação. Melhor somatório do dia e da competição até o momento para ele, que fez 8,33 e 7,10, com 15,43 no total. 

Com uma boa leitura dos tubos, Jessé Mendes se garantiu na próxima fase. O paulista conseguiu um somatório de 9,93. Já Michael Rodrigues não esteve em um bom dia e fez apenas 6,66. O catarinense deu adeus à competição. 

O próximo round terá 16 baterias de duelos homem a homem. Quem vencer, avança e quem perder está eliminado. Na primeira bateria, o japonês Kanoa Igarashi enfrenta Jadson André. Na segunda, Deivid Silva pega o australiano Adrian Buchan. Ítalo Ferreira e Adriano de Souza fazem um confronto brasileiro na quinta bateria. 

Willian Cardoso encara o francês Joan Duru na sexta bateria. Na oitava, Yago Dora pega Julian Wilson. O bicampeão mundial Gabriel Medina vai para a água na décima segunda, contra o havaiano Ezekiel Lau. Duelo verde e amarelo na décima terceira bateria entre Filipe Toledo e Jessé Mendes. Peterson Crisanto enfrenta o havaiano Seth Moniz na décima quarta. E Caio Ibelli fecha a participação brasileira contra Conner Coffin na décima quinta. 

A próxima chamada está programada para a próxima segunda-feira, às 14h (de Brasília). O líder atual do ranking é o norte-americano Kolohe Andino. Filipe Toledo é o segundo, Ítalo Ferreira, o quarto, e o campeão mundia de 2018, Gabriel Medina, está em sétimo.