Brenno - Seleção

Brenno já havia testado positivo para a Covid-19 no mês anterior, quando estava no Grêmio (Marco Galvão / CBF)

LANCE!
17/07/2021
09:46
Belgrado (RUS)

A delegação da Seleção olímpica viajou para Tóquio na última sexta-feira (16) com uma baixa. O goleiro Brenno testou positivo para Covid-19 no exame feito no dia anterior e não foi para o Japão. O jogador de 22 anos foi submetido a uma contraprova, mas o laudo não sairia a tempo do embarque para a cidade-sede dos Jogos Olímpicos.

Brenno continua na Sérvia para a realização do novo teste. O goleiro já havia contraído a Covid-19 no dia 17 de junho quando atuava pelo Grêmio e apresentou sintomas leves enquanto esteve em quarentena.

O departamento médico da Seleção olímpica acredita que a nova detecção é o caso de "falso positivo".

Além do goleiro Brenno, o técnico André Jardine ainda não tem à sua disposição Malcom. O atacante do Zenit, convocado para o lugar de Douglas Augusto, é aguardado no domingo.

Os demais integrantes da delegação da Seleção tiveram testes negativos para Covid-19. O grupo desembarcou no Aeroporto de Narita às 11h (horário local). Posteriormente, foram 4h30 dentro do aeroporto cumprindo etapas de procedimentos de imigração, credenciamento dos protocolos de Covid-19 e também o teste obrigatória para a entrada no país.


O Japão está em estado de emergência há uma semana devido à nova escalada da pandemia do novo coronavírus. Com isto, as autoridades locais e o Comitê Olímpico Internacional (COI) têm aumentado o rigor com a chegada de atletas que disputarão a competição.

O desgaste com a viagem e os procedimentos no aeroporto fizeram com que a comissão técnica da Seleção olímpica decidisse cancelar o treino previsto para este sábado. Os jogadores descansarão em seus quartos no Hotel Internacional Yokohama e, na tarde de domingo, farão sua primeira atividade.

A Seleção Brasileira masculina, que busca o bicampeonato olímpico, está no Grupo D e fará sua estreia na quinta-feira (22), às 8h30 (horário de Brasília), contra a Alemanha. Depois, enfrentará Arábia Saudita e Costa do Marfim. Os dois primeiros colocados de cada chave avançarão às quartas de final.