Constantino Júnior - Santa Cruz

Foto: Antônio Melcop

Futebol Latino
11/09/2019
11:41
Recife (PE)

Os últimos anos do Santa Cruz tem sido de muita exigência tanto dentro como fora de campo nos aspectos técnico, tático e, porque não, emocional. Algo que acabou se refletindo, aliás, no quadro clínico do presidente Constantino Júnior.

Antes do compromisso onde o Santa acabou derrotado por 3 a 1 para o Náutico que custou a vaga na fase mata-mata do Brasileirão da Série C, o mandatário do clube Coral teve de ser hospitalizado na capital pernambucana.

Com mais esse "susto", já que em 2017 ele passou por um problema ainda mais sério, ficando quatro meses internado, agora a prioridade do dirigente também tem sido considerar melhor o equilíbrio das ações entre sua função e a sua saúde.

- Tenho buscado cuidar da saúde. Sabemos do estresse que é o futebol. Às vezes, as doenças são consequência dessa rotina. Estou me cuidando e preservando. Não é fácil. Temos famílias e outras pessoas que estão a nossa volta. Eles ficam tristes pela falta de cuidado. Estou tentando melhorar nisso - disse em declaração ao Jornal do Commercio.

- Em 2017, tive um ano muito duro. Passei quatro meses internado. Claro que a gente que entra no futebol sabe que não existe amigo. Desde o início da Série C deste ano, tenho realizado uma bateria de exames. Não irei tomar nenhuma atitude que não seja com base na decisão médica e na minha família - agregou Constantino.