bebezao

Raphael Bebezão concordou com suspensão de dois anos aplicada pela USADA (Foto: Reprodução Instagram)

TATAME
04/05/2021
13:11
Rio de Janeiro (RJ)

A USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) anunciou, na última segunda-feira (3), que o peso-pesado do UFC Raphael “Bebezão” Pessoa concordou em receber uma suspensão de dois anos, após violar pela segunda vez as regras da política antidoping da organização. Desta maneira, o carioca Raphael ficará suspenso até o dia 9 de fevereiro de 2023, data retroativa que se refere ao seu primeiro teste positivo.

O órgão americano informou ainda que Bebezão testou positivo em quatro ocasiões para o diurético hidroclorotiazida (HCTZ), substância que é proibida pela USADA, nos dias 9, 15 e 16 de fevereiro, e por último, no dia 4 de março. No entanto, a entidade esclareceu que, como o atleta não foi notificado até que a quarta amostra fosse coletada, os testes positivos valem como apenas um. Raphael Pessoa também foi punido por não ser localizado para a coleta de urina em dois momentos, nos dias 25 e 28 de janeiro, respectivamente.

Vale lembrar que o diurético hidroclorotiazida é a mesma substância que provocou a primeira punição por doping do brasileiro, em novembro do ano passado. Na época, Bebezão recebeu suspensão de um ano da USADA, retroativa ao mês de março de 2020. Atualmente com 32 anos, o brasileiro possui um cartel de dez vitórias e duas derrotas no MMA profissional. O lutador peso-pesado chegou ao UFC em 2019 e, desde então, realizou três lutas, com um triunfo, sobre Jeff Hughes, e dois reveses, para Ciryl Gané e Tanner Boser.